Pular navegação e ir direto para o conteúdo

Fale com a Redação

Dom, 04/08/2013 às 08:00

Copa modifica calendário escolar em 2014

Luana Almeida

Você:


Seu Amigo:


Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com ","(vírgula).

Ex.: nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Máximo 200 caracteres


(*) Todos os campos são obrigatórios

Reportar Erro:

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo A TARDE preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Máximo 200 caracteres

(*) Todos os campos são obrigatórios

-A A+
  • Cau Gomez l Editoria de Arte A TARDE

    Mudanças no período letivo podem desmotivar estudantes

A Copa do Mundo de 2014 deve obrigar escolas públicas e privadas de todo o Estado a fazerem alterações no calendário letivo do próximo ano. A recomendação está prevista na Lei Geral da Copa, que determina que as atividades escolares nas cidades-sedes devem ser suspensas.

Com isso, o início do período de aulas pode ser antecipado para o mês de janeiro e o término adiado para dezembro. Já o recesso do meio do ano, que, na região Nordeste, coincide com o período das festas juninas, será transferido para julho e ampliado de duas semanas para um mês, tempo em que dura o campeonato.

Embora em  alguns estados, como Rio Grande do Sul e Paraná,  além do Distrito Federal, já se tenha definido como serão feitas as modificações, na Bahia, a maioria das unidades de ensino  ainda não chegou a um acordo de como o calendário será alterado.

De acordo com o vice-presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado da Bahia (Sinepe-BA), Nelson Souza, as escolas da rede privada só devem oficializar as alterações a partir de outubro. "Em outubro, serão feitas reuniões para definir detalhes sobre o calendário letivo do próximo ano. Até lá, ainda não podemos antecipar nenhuma informação", disse.

Nas redes estadual e municipal de ensino, também não há definição de como as escolas cumprirão a recomendação da Lei da Copa. Conforme informações da assessoria de comunicação da Secretaria Municipal de Educação, o debate sobre as alterações no calendário letivo das escolas municipais devem ser iniciados em setembro. Já a Secretaria Estadual ainda não tem previsão de quando irá decidir sobre as modificações.

Incerteza

A indefinição por parte das instituições de ensino tem gerado polêmica entre pais e mães de alunos, que, diante da incerteza do início e do final do período letivo, terão que reprogramar as atividades previstas para as férias.

Para a analista de sistemas Valéria Lúcia Valverde, que tem uma filha de 8 anos matriculada em uma escola particular da capital baiana, a ausência de uma definição concreta vai atrapalhar o planejamento das férias da família, programada para janeiro  do próximo ano.

"Caso as aulas comecem mais cedo, as férias de verão da família ficarão comprometidas. Todos os anos, planejamos com antecedência para que possamos viajar juntos", afirmou.

Com passagens compradas para Portugal, a professora universitária Vanessa Cavalcanti, mãe de uma aluna da rede particular,  afirma que, caso precise modificar a data da viagem, programada desde  o início de 2013, terá prejuízos com multas e taxas de remarcação.

"A vida das pessoas não pode ser modificada por conta de um evento de futebol. A educação é mais importante e precisa ser priorizada. Os pais precisam ser convocados e ouvidos antes que as escolas tomem a decisão de mudar o calendário letivo", disse.

Já para a professora Maria Inês Carvalho, que leciona na rede municipal e particular, caso sejam adotados calendários distintos nas redes pública e privada, o tão aguardado descanso nas férias de verão será prejudicado.

"É preciso que todas as instituições de ensino do Estado  cheguem a um consenso sobre o calendário letivo. Não é justo para nós, professores, começar a trabalhar em um lugar enquanto o outro permanece em recesso", disse.

comentários(4)
  • + recentes
  • + votados
  • comentar

    Esqueceu sua senha?

    Digite aqui seu e-mail

    Esqueceu seu login e/ou senha?

cleice paiva, 23/10/2013 às 11:14

não acho isso certo,mais devemos levar em consideração de q mesmo q o calendário não fosse mudado seria muito difícil trabalhar numa sala de aula onde só seria comentado a copa,onde alunos por conta própria deixaria de assistir aulas devido ao jogos.

Roseane Azevedo dos Santos, 22/10/2013 às 20:02

Isso que vai acontecer é um absudo pois nós professores que já estamos desgastado de um ano turbulento teremos que descansar pouco tempo e voltar para as salas de aulas sem ao menos ter um descanso digno.

Jaqueline Portela, 04/08/2013 às 22:00

É uma ABERRAÇÃO!!! A Fifa está acima de tudo e de todos??? Onde está a soberania nacional e as prioridades do população? Ahaaa... estão no último plano pois nesse país o futebol é mais importante!? Para quem?

Jackson Antonio da Cruz, 04/08/2013 às 14:21

É um absurdo o que fazem com a população e com a edcuação. Até quando as elites vão aprender que o povo também tem vontade, será que eles ainda não aprenderam com a copa das confederações.

ver mais

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

outras notícias

20/10/2014 às 10:28

Método de ensino estimula o autodidatismo - Foto: Adilton Venegeroles | Ag. A TARDE | 17.10.2014

Método de ensino estimula o autodidatismo

19/10/2014 às 08:10

Conheça os caminhos para escolher a melhor faculdade - Foto: Bruno Aziz l Editoria de Arte A TARDE

Conheça os caminhos para escolher a melhor faculdade

22/10/2014 às 12:46

Secretaria da Educação lamenta morte de estudante

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC)...

22/10/2014 às 10:21

Concurso de Desenhos Infantis prorroga inscrições - Foto: Divulgação | AGECOM

Concurso de Desenhos Infantis prorroga inscrições

< >

Imprimir

imagem

Antes de imprimir lembre-se da sua responsabilidade e comprometimento com o meio ambiente.

Se preferir, envie por e-mail ou gere um arquivo em .pdf

Deseja realmente imprimir? nãosim

Botão Fechar
Copyright © 1997 - Grupo A TARDE.Todos os direitos reservados.
Rua Prof. Milton Cayres de Brito n° 204 - Caminho das Árvores - Salvador/BA. CEP: 41.820 - 570 Tel.: ( 71 ) 3340 - 8500 | Redação: ( 71 ) 3340 - 8800
últimas notícias