Pular navegação e ir direto para o conteúdo

Fale com a Redação

Ter, 07/01/2014 às 08:01 | Atualizado em: 07/01/2014 às 08:01

Vídeo mostra tortura e presos decapitados em presídio no MA

Da Redação

Você:


Seu Amigo:


Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com ","(vírgula).

Ex.: nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Máximo 200 caracteres


(*) Todos os campos são obrigatórios

Reportar Erro:

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo A TARDE preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Máximo 200 caracteres

(*) Todos os campos são obrigatórios

-A A+
  • Reprodução l UOL

    O vídeo, que contém cenas fortes, mostra em detalhes três rivais decapitados

Um filme que mostra cenas de barbárie feito por presos do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, no Maranhão, foi divulgado nesta terça-feira, 7, pelo jornal "Folha de São Paulo". As imagens, gravadas no dia 17 de dezembro, exibem três detentos decapitados durante um motim que deixou um saldo de 62 presos mortos.

São dois minutos e 32 segundos de cenas chocantes e que revelam a tortura e selvageria vivida dentro da unidade penal.

No vídeo, detentos aparecem caminhando pelo complexo de Pedrinhas até que chegam em um lugar com o chão repleto de sangue. Logo em seguida, é possível ver as cabeças decapitadas dos presos Diego Michael Mendes Coelho, 21 anos, Manoel Laércio Santos Ribeiro, 46, e Irismar Pereira, 34.

Os rivais ainda fazem comentários sobre os mortos e demonstram desprezo por eles. Os corpos com marcas de cortes revelam que eles foram torturados antes de morrer.

Os autores do vídeo não são identificados nas imagens, que mostram apenas seus pés, mas no reflexo da água e do sangue no chão do presídio é possível avistar alguns detentos.

O governo do Maranhão informou que as mortes foram resultado de briga entre membros da mesma facção criminosa. No complexo, também há rivalidade entre presos da capital contra do interior.

Detentos comemoram selvageria em presídio no Maranhão. Atenção: imagens fortes

comentários(5)
  • + recentes
  • + votados
  • comentar

    Esqueceu sua senha?

    Digite aqui seu e-mail

    Esqueceu seu login e/ou senha?

Sebastião Ferreira do Nascimento Filho, 28/02/2014 às 11:48

Isso é o que deveria ser feito com Zé Dirceu, Genoíno, Delúbio, com o ex-juiz Nicolau, Renan Calheiros e tantos outros ladrões que todos os dias nos assaltam e zombam da cara de todos os brasileiros. Manda eles lá pro presídio de pedrinhas...

Cláudio Motta, 09/01/2014 às 10:36

Manda todos eles passarem umas férias na casa do zésarney.... ehehehe

Marlon Pereira, 08/01/2014 às 19:51

por mim jogava era uma bomba e pocava com todos eles lá dentro de uma vez.. gente ruim tem que se lascar mesmo.

Gledson, 08/01/2014 às 08:53

E ainda querem devolver estes elementos a Sociedade...tem que ser pena de morte pra todo mundo !!

zeus poderoso, 07/01/2014 às 18:57

cadê as autoridades desse pais tem que colocar esses corruptos junto com eles

ver mais

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

outras notícias

31/07/2014 às 17:26

De janeiro a junho, 32 pessoas morreram em assaltos a bancos - Foto: Luciano da Matta | Ag. A TARDE

De janeiro a junho, 32 pessoas morreram em assaltos a bancos

09/06/2014 às 08:33

Dilma: Brasil Sorridente beneficia 80 milhões de pessoas - Foto: Iracema Chequer | Ag. A TARDE

Dilma: Brasil Sorridente beneficia 80 milhões de pessoas

20/08/2014 às 11:52

Procura paçoca cremosa movimenta redes sociais - Foto: Divulgação

Procura paçoca cremosa movimenta redes sociais

20/08/2014 às 07:12

Audi apresenta o novo S3 sedã por R$ 207.980 - Foto: Divulgação

Audi apresenta o novo S3 sedã por R$ 207.980

< >

Imprimir

imagem

Antes de imprimir lembre-se da sua responsabilidade e comprometimento com o meio ambiente.

Se preferir, envie por e-mail ou gere um arquivo em .pdf

Deseja realmente imprimir? nãosim

Botão Fechar
Copyright © 1997 - Grupo A TARDE.Todos os direitos reservados.
Rua Prof. Milton Cayres de Brito n° 204 - Caminho das Árvores - Salvador/BA. CEP: 41.820 - 570 Tel.: ( 71 ) 3340 - 8500 | Redação: ( 71 ) 3340 - 8800
últimas notícias