Pular navegação e ir direto para o conteúdo

Dom, 30/04/2017 às 10:09

Em Série: Histórias cruzadas

Debora Rezende l Especial para A TARDE

Você:


Seu Amigo:


Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com ","(vírgula).

Ex.: nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Máximo 200 caracteres


(*) Todos os campos são obrigatórios

Reportar Erro:

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo A TARDE preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Máximo 200 caracteres

(*) Todos os campos são obrigatórios

-A A+
  • Divulgação

    Kate está em um grupo de ajuda no qual e se sente impaciente frente às histórias contadas - Foto: Divulgação

    Kate está em um grupo de ajuda no qual e se sente impaciente frente às histórias contadas

Em um fim de semana tomado pelo cansaço (e pela preguiça), poucas coisas são melhores do que uma série tranquila e leve para acompanhar. Foi justamente nesse cenário repleto de inércia que chagamos à This Is Us.

Da NBC, a produção não é exatamente nova: estreou no lá fora em setembro do ano passado. Enquanto a série ainda segue sem data para ir ao ar no Brasil, vale dar uma olhadinha marota no iTunes, onde ela está disponível.

De um modo geral, essa é uma série dramática que acompanha as nuances que uma família pode ter. Criada por Dan Fogelman, ela parte da conexão existente entre pessoas nascidas na mesma data. Parece banal, mas não é bem assim.

This is Us não começa deixando claro o que vai desenrolar: no piloto, temos dois irmãos brancos, uma chefe de família negro e um casal esperando trigêmeos. A conexão entre eles parece mínima.

Os muitos personagens

É nesse quesito que o drama começa a brincar. Kate (Chrissy Metz) aparece como uma mulher acima do peso que busca um grupo de ajuda e se sente impaciente frente às histórias contadas.

Kevin (Justin Hartley), seu irmão gêmeo, é um galã da televisão pouco entusiasmado com seu personagem. Já Randall (Sterling K. Brown) é um homem que confronta seu pai biológico pela primeira vez na vida.

Por fim, neste nosso núcleo principal, Jack (Milo Ventimiglia) e Rebecca (Mandy Moore. Lembra dela em Grey's Anatomy? Sempre sofredora) estão à espera de trigêmeos - depois de um parto complicado, um deles não sobrevive.

Perdão pelo spoiler, mas é aí que a série se mostra com mais clareza: quando Jack e Rebecca adotam um bebê negro que foi abandonado no dia em que os gêmeos nasceram. Ou seja, This is Us faz uma relação entre o passado e o presente dessa família.

Findo esse mini plot, a série volta sua atenção às diferenças entre os membros dessa família e os seus problemas pessoais. Aqui, vale prestar mais atenção à Kate: enquanto o irmão gêmeo tem uma crise com a carreira e o adotivo busca por suas raízes, ela tenta se encontrar com seu próprio corpo, se aceitar e engatar um romance. É, de longe, a personagem mais interessante.

Enquanto isso, no passado, vemos Rebecca e Jack tentando lidar com os trigêmeos: uma mãe que se esforça e um pai que já não sabe mais lidar com a família. Nada muito surpreendente, mas o formato de passado x futuro da série aguça a curiosidade logo no piloto.

This is Us é uma boa série para conhecer: ágil, envolvente e divertida. Para aqueles domingos preguiçosos, é uma boa aposta. O ritmo um tanto quanto lento casa com a proposta mais reflexiva da série. De zero a dez, leva um tranquilo sete.


outras notícias

09/07/2017 às 10:30

Em Série: Demorei para ver Black Mirror - Foto: Divulgação

Em Série: Demorei para ver Black Mirror

12/02/2017 às 10:37

Em Série: Se ficar, o bicho come - Foto: Divulgação

Em Série: Se ficar, o bicho come

15/03/2017 às 13:42

Terra em Transe, beleza e potência de um calvário - Foto: Divulgação

Terra em Transe, beleza e potência de um calvário

26/12/2016 às 20:20

'Minha Mãe É Uma Peça 2' tem segunda melhor estreia do cinema nacional em 2016 - Foto: Reprodução | TV UOL

'Minha Mãe É Uma Peça 2' tem segunda melhor estreia do cinema nacional em 2016

< >

Imprimir

imagem

Antes de imprimir lembre-se da sua responsabilidade e comprometimento com o meio ambiente.

Se preferir, envie por e-mail ou gere um arquivo em .pdf

Deseja realmente imprimir? nãosim

Botão Fechar
Copyright © 1997 - Grupo A TARDE.Todos os direitos reservados.
Rua Prof. Milton Cayres de Brito n° 204 - Caminho das Árvores - Salvador/BA. CEP: 41.820 - 570 Tel.: ( 71 ) 3340 - 8500 | Redação: ( 71 ) 3340 - 8800
últimas notícias