Colunistas


Geraldo Bastos

Fale com Geraldo Bastos: gbastos@grupoatarde.com.br

Tendências & Mercado

Dom, 04/12/2016 às 12:21 | Atualizado em: 04/12/2016 às 12:27

Papaiz investe em centro logístico

gbastos@grupoatarde.com.br

A Bahia segue no radar dos investimentos da Papaiz. Em dezembro do ano passado, o grupo brasileiro vendeu as operações de cadeados e fechaduras para a multinacional sueca Assa Abloy. No entanto, o terreno de cerca de 110 mil metros quadrados (m²) que abriga a fábrica no bairro de Pirajá, em Salvador, permanece sob o controle da família Papaiz, que vai construir no local um centro logístico. Sandra Papaiz, presidente da companhia – fundada por seu pai, o italiano Luigi Papaiz, há 64 anos – conta que a unidade de cadeados ocupa hoje uma área de 30 mil m². A ideia é usar inicialmente outros 30 mil m² do terreno para implantar o condomínio. O projeto deve ficar pronto em meados do ano que vem. Depois segue a fase de obtenção de licenças. Após este processo, as obras serão iniciadas imediatamente. Os investimentos nesta primeira fase do empreendimento devem alcançar R$ 15 milhões. Sandra diz que o Assa Abloy, que já é inquilino do grupo brasileiro, é um potencial cliente do novo centro logístico. O local, entretanto, pode abrigar outros negócios e empresas dos mais diferentes segmentos. ”É uma área privilegiada, ao lado da BR-324, com o metrô bem próximo agora. Estamos bem animados”, afirma ela, enfatizando seu otimismo com a recuperação da economia brasileira no próximos meses: “A gente acredita muito no Brasil. O país é muito forte, rico, tem um povo obstinado. Não tem como o Brasil parar”. Além de aluguéis de galpões industriais, a família Papaiz atua na Bahia também no setor agropecuário – tem terras com plantações de eucalipto no município de Correntina.

Iber suspende projeto eólico

A Itaguaçu da Bahia Energias Renováveis S.A. (Iber) suspendeu, por tempo indeterminado, o projeto de construção do Complexo Eólico Itaguaçu da Bahia. A holding realizou três concorrências nacionais para a contratação de empresas ou consórcios visando a fabricação e fornecimento de 140 aerogeradores, além do transporte, seguros, montagem completa dos equipamentos, para os 10 parques eólicos do empreendimento, mas não houve interessados. O investimento previsto na unidade era de aproximadamente R$ 1,33 bilhão.

Vendas de veículos reagem no estado

O total de carros emplacados na Bahia em novembro foi 13,98% maior em relação a outubro. Ao todo, foram comercializadas 11.114 unidades, entre automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros, contra as 9.751 unidades em outubro. No entanto, se comparado com novembro de 2015 (13.980 veículos), houve queda de 20,50%. No acumulado do ano, a retração de todos os segmentos somados foi de 28,60%, na comparação com o mesmo período de 2015. Os números são da Fenabrave.

Claro amplia rede 4G na Bahia

A Claro, controlada pelo grupo mexicano América Móvil, vai quase que quintuplicar a sua rede 4G na Bahia. Atualmente, 14 cidades do estado – Salvador, Alagoinhas, Camaçari, Eunápolis, Feira, Ilhéus, Itabuna, Lauro de Freitas, Mata de São João, Porto Seguro, Santa Cruz Cabrália, Simões Filho, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista – têm acesso à quarta geração de internet móvel da companhia, denominada de 4GMax. Até o final do primeiro trimestre do ano que vem, a tecnologia estará disponível em outros 66 municípios. O 4G permite o acesso à internet em altíssima velocidade e uma melhor experiência em recursos como streaming de vídeo. A empresa também está ampliando a cobertura em Salvador com a implantação de 116 novos sites – locais onde ficam as antenas que realizam a transmissão de sinal de telefonia. Todos de última geração. “Os outros 205 sites já existentes na capital também irão migrar para o 4G, ou seja, até o final do primeiro semestre de 2017, Salvador será uma cidade 100% 4G”, diz Marco Aurélio Alves, diretor da Claro para a regional Bahia e Sergipe. Ele conta que no início do ano que vem todos os 417 municípios baianos terão cobertura da companhia. Além de investimentos na modernização da rede e em novas tecnologias, outra aposta da operadora é a oferta de novos planos. Neste sentido, acaba de lançar o Claro 800. Por R$ 9,99 por semana, o cliente pré-pago conta com 800 MB para navegar como quiser na internet. “Pode ainda usar o WhatsApp e Claro Música à vontade sem descontar na franquia de dados”, afirma Alves.

Grupo SEB vai ao Vale do Silício

Especialistas em educação do Grupo SEB estão no Vale do Silício mapeando propostas que tenham similaridades com o projeto da brasileira e vanguardista escola Concept. A escola inicia suas atividades em Salvador e Ribeirão Preto (SP) em janeiro de 2017. Ainda no próximo ano, a Concept abrirá matrículas no Rio de Janeiro e em São Paulo. Para 2018, o plano é ainda mais ambicioso: chegar ao Vale do Silício, nos Estados Unidos, com um Learning Center. A base Concept norte-americana servirá para que os alunos tenham contato com grandes companhias de tecnologia, startups e mentores. “A ideia é construir um centro de aprendizado e troca”, afirmou Thamila Zaher, diretora-executiva do Grupo SEB, maior conglomerado de educação do país com mais de 50 anos de trajetória.

.A Subway espera um 2017 promissor na Bahia. A expectativa para o ano que vem é inaugurar mais de 10 novas lojas e continuar a expansão para cidades que ainda não têm franquias da rede, como Ribeira do Pombal. Em 2016, a rede cresceu 5% em relação ao ano anterior, alcançando 155 lojas em todo o estado, e chegou a novos municípios, como Poções e Catu.

.A Chesf realizará no próximo dia 14 uma licitação para venda de 99 terrenos, localizados no Loteamento Sal Torrado II, em Paulo Afonso. Os lotes, que custam entre R$ 81.261 a R$ 143.701, podem ser pagos à vista ou mediante parcelamento em até 36 meses, com entrada mínima de 30%.

Período

Colunista:

Coluna:

De:

Até: