Colunistas


Geraldo Bastos

Fale com Geraldo Bastos: gbastos@grupoatarde.com.br

Tendências & Mercado

Dom, 29/01/2017 às 16:34 | Atualizado em: 29/01/2017 às 16:36

Pernambuco entra na disputa por CD

.

Pernambuco entrou na briga para atrair o novo centro de distribuição (CD) da Ricardo Eletro. O CD  estava praticamente certo para ser implantado em Camaçari. A varejista, inclusive, já assinou um contrato com o Grupo ETT para a cessão de um galpão de 27 mil m², localizado na área da Via de Ligação. Ocorre que, nos últimos dias, o governo pernambucano resolveu se movimentar. A coluna apurou que, para seduzir a Ricardo, o estado vizinho está oferecendo os benefícios do Prodepe, que contém incentivos específicos para a atração de centrais de distribuição. O secretário de Desenvolvimento Econômico de Camaçari, Sérgio Vilalva, afirma que “desconhece” essa negociação. Para ele, se isto estiver acontecendo e Pernambuco ganhar a disputa será “uma perda muito grande para o estado”. Isto porque os investimentos no novo CD são estimados em R$ 50 milhões, com a geração de 300 a 350 empregos diretos. Apesar  da recessão, Vilalva está otimista com a atração de novas empresas. Na última quarta-feira, por exemplo, ele se reuniu com executivos de uma companhia americana de computação em nuvem. A empresa pretende investir até R$ 300 milhões na implantação de um data-center para armazenamento e administração de dados de clientes mundiais. O projeto deverá ser instalado numa área de 1 milhão de m², com a geração de centenas de empregos. Com passagens por multinacionais, como o  Walmart, o secretário aponta uma nova postura do município na busca por investimentos privados. “Vamos trabalhar ‘em linha’ com os empresários, buscando sempre um ambiente favorável ao desenvolvimento dos negócios, com menos burocracia”, diz.

 Grupo Pasta em Casa cria novo negócio

O grupo Pasta em Casa expande sua área de atuação e prepara, para o mês que vem, a inauguração da Forneria Pasta em Casa. Apostando nos diferenciais do novo negócio, o chef e proprietário Celso Vieira investiu R$ 250 mil para viabilizar a casa especializada em pratos feitos no forno à lenha. A Forneria funcionará no mesmo imóvel onde já estão a mercearia e o restaurante, mas num outro espaço, no 2º piso. “Tínhamos uma área ociosa e acreditamos que um negócio de gastronomia italiana somente estaria completo com a presença do forno à lenha e das iguarias nele preparadas”, diz  Vieira. “Com a abertura da Forneria complementaremos o arco da gastronomia ao qual vimos nos dedicando há uma década, oferecendo  produtos artesanais de alta qualidade”. O complexo gastronômico formado pela mercearia – a primogênita do grupo –, pelo restaurante e, em breve, pela Forneria, fica na Rua Almerinda Dutra, 67, no Rio Vermelho.

Obras de aeroporto avançam 

As obras de construção do novo aeroporto de Vitória da Conquista seguem avançando. Na última quinta-feira, a Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra)  divulgou o resultado da licitação para a construção do terminal de passageiros. As obras  serão  executadas pelo consórcio Sial/PJJ, a um custo de R$ 28,7 milhões. De acordo com o projeto, a estrutura terá  uma área construída de 3.500 m² e será composto de saguão, check-in, área de embarque e desembarque, raio X, balcões de venda, reservas e informações. Em uma outra licitação, a Seinfra   contratou por pouco mais de  R$ 476,5 mil a Egis Engenharia e Consultoria visando à atualização do Plano Diretor Aeroportuário (PDIR) –  documento obrigatório exigido de aeroportos que recebem voos regulares de passageiros e cargas no país. O aeroporto  ocupa  uma área de 6 milhões de m² e fica  a cerca de 12 Km do perímetro urbano.

Sial/PJJ

As obras do terminal de passageiros em Conquista serão executadas pelo consórcio Sial/PJJ, a um custo de R$ 28,7 milhões

Camarote gera 1,5 mil  empregos

A montagem do camarote Planeta Band Othon segue a todo vapor. Para se ter uma ideia, estão sendo utilizados este ano mais de 520 toneladas de ferragens, 13.200 compensados de madeira reflorestada e certificada e 400 latas de tinta. Cerca de 90 profissionais estão trabalhando para garantir a folia de mais de cinco mil foliões por noite. O camarote contará com 8 mil m² e mais de 20 ambientes dos quais se destacam o palco, restaurante, cinema e salão de beleza. Durante os seis dias da festa de momo, o número de empregos diretos e indiretos chega a aproximadamente 1.500.

Premiação  - A aposta do Planeta Band Othon para este ano é a promoção que celebra os seus 15 anos. Os foliões que comprarem os acessos até 9 de fevereiro irão concorrer a uma Harley-Davidson 0 km. Para participar, basta  realizar o cadastro no  hotsite  www.planeta15anos.com.br.

 . Prédios comerciais, veículos, casas e apartamentos serão leiloados nesta quarta-feira pelo  TRT baiano. Um dos destaques do certame é um terreno de 6.844 m², no Portoseco Pirajá, onde funciona uma unidade do operador logístico TPC. O imóvel foi avaliado em pouco mais de R$ 8,949 milhões. O lance mínimo é de R$ 4.474.600.

. Após obter o registro junto ao Ministério da Agricultura, a cerveja artesanal Berenice chega ao varejo baiano. A bebida será comercializada  na  Perini.

 

Período

Colunista:

Coluna:

De:

Até: