Colunistas


Levi Vasconcelos

Tempo Presente

Qui, 05/01/2017 às 08:00 | Atualizado em: 05/01/2017 às 08:25

Ferry vai ganhar um novo navio este ano

Levi Vasconcelos

A Internacional Travessias, a empresa que opera o ferryboat, deve comprar ainda este ano um novo navio tipo Dorival Caymmi ou Zumbi dos Palmares, já cotado ao preço de 9 milhões de euros, algo em torno de R$ 30 milhões.

A Internacional vai dar as garantias do financiamento, mas a transação será feita em nome do governo. Com isso, abate-se 30% de impostos que uma transação empresarial acrescentaria.

O secretário Marcus Cavalcanti (Infraestrutrura) diz que só depende da Internacional.

- Vamos ter uma reunião sexta (amanhã) e devemos tratar disso.

Marcus diz também que os investimentos no ferry não conflitam com o projeto da ponte Salvador-Itaparica. Cita que no contrato a situação está prevista.

- Em outros lugares que fizeram pontes, como na Grécia, os ferries continuaram, com mais foco em passageiros.

Ranking de capacidade - Hoje, o Zumbi transporta de vez 160 carros, o Dorival 148, a dupla Ivete Sangalo/Ana Nery 62, os dose dupla 80 e os antigos 50.

O Zumbi gasta 150 litros de óleo por viagem, enquanto os velhos consomem 111.

Julho amarelo

Depois do Outubro Rosa para ressaltar a importância do combate ao câncer de mama, e do Novembro Azul, a Assembleia da Bahia aprovou a criação do Julho Amarelo, para enfatizar os cuidados para evitar as hepatites virais. O autor do projeto é Bobô (PCdoB), ex-craque do Bahia.

- Antigamente se usava a mesma seringa para fazer antidoping. Eram seringas de vidro. O contágio virou um problema.

Bobô já levou u m time de ex-jogadores para assistir o professor Raymundo Paraná, cientista de problemas do fígado, falar.

"

Não tinha nenhum santo. Eram estupradores, matadores e pessoas ligadas a outra facção, que é minoria aqui no Estado do Amazonas

José Melo, governador do Amazonas, sobre a rebelião no Complexo Penintenciário que deixou 56 mortos.

"

Há viciados em conteúdo pornô e na masturbação

Marcelo Aguiar, deputado federal do DEM-SP, na justificativa do projeto dele

Rebuliço petista

A Executiva do PT em Salvador decidiu punir com suspensão de 60 dias os vereadores Moisés Rocha e Suíca, por terem votado em Leo Prates (DEM) na eleição da presidência da Câmara, deixando a colega Marta Rodrigues, também candidata, com um único voto, o dela.

Vai dar rebu. A suspensão implica na perda temporária de mandato e a subsequente convocação de suplentes. Os dois vão reagir.

No telhado

O ingresso do deputado Alex Lima no PDT subiu no telhado. A questão: ele já se comprometeu em votar em Marcelo Nilo (PSL) para a presidência da Assembleia e o presidente estadual do partido, o deputado federal Félix Júnior, faz campanha ostensiva contra.

Aliás, Sargento Isidório e Roberto Carlos também ficam com Nilo. Félix está só.

Primeiro projeto

Mal acabou de tomar posse e com a Câmara ainda em recesso, o vereador Alexandre Aleluia (DEM) já apresentou o seu primeiro projeto, que por sinal, promete polêmica: defende a chamada 'escola sem partido' no âmbito da rede municipal de Salvador.

- O resultado deste atual modelo deletério em que os professores viraram cabos eleitorais é o rendimento dos estudantes brasileiros, classificado entre os piores do mundo. O projeto é uma solução real.

Beca, o campeão - Na legislatura que se findou, o campeão de projetos em Salvador foi o vereador Everaldo Lopes dos Santos, o Beca (PPS): apresentou 29, contra 26 do atual presidente da Câmara, Leo Prates (DEM), e outros 19 do Executivo.

Um deles dá folga ao servidor no dia do aniversário, outro cassa o alvará do posto que adulterar o combustível e um outro obriga unidades de saúde a publicar a lista de servidores da área.

- Eu apenas cumpro o meu papel, que é de fiscalizar o prefeito e legislar.

POUCAS & BOAS

Embora tenha tido maciço apoio dos evangélicos, o prefeito de Guanambi, Jairo Magalhães (PSB), que baixou decreto entregando as chaves da cidade a Deus e virou notícia nacional, é católico, segundo o senador Otto Alencar, amigo dele.

O prefeito de Santa Lucia do Norte, em Alagoas, Edson Mateus (PRB), fez a diferença entre todos os demais. Está preso desde 15 de dezembro, acusado de estuprar uma menor. Domingo, saiu da cadeia, tomou posse, depois voltou para a prisão.

Nos próximos 30 dias a companheira Regina Bochicchio vai comandar esta coluna. Estamos de férias.

Colaborou: Yuri Silva

Período

Colunista:

Coluna:

De:

Até: