Colunistas


Levi Vasconcelos

Tempo Presente

Sex, 17/03/2017 às 08:00 | Atualizado em: 17/03/2017 às 12:07

A lista de Janot e os baianos da Lava Jato

Levi Vasconcelos

A senadora Lídice da Mata (PSB) e o deputado José Carlos Aleluia (DEM), o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB) e Geddel são os primeiros baianos a surgir nas delações da Odebrecht. Eles repetem a explicação-padrão: nada fizeram de errado.

Do que exatamente são acusados não se sabe. Mas convém lembrar que a Odebrecht, maior construtora do país, é baiana. E, como tal, costumava distribuir simpatias (leia-se doações) a políticos em geral com valores variáveis a depender do status do beneficiário, inclusos modestos vereadores.

Como o jogo era o mesmo para todos e ninguém sabe o que vai sair das delações, os dois lados, os de Rui Costa e ACM Neto, fizeram publicamente uma espécie de pacto de silêncio. Ninguém sabe o que vem.

Fosse o jogo do bem contra o mal, e uma das duas bandas estaria disparando tiroteio cerrado contra a outra. Mas, nos bastidores, o pessoal de Neto nutre a esperança de pegar Jaques Wagner e Rui Costa, com a OAS, e o de Rui, de pegar Neto na Odebrecht.

Neto cobra a divulgação imediata de todos os listados. E tem razão. É um passo, embora os citados, culpados ou inocentes, ainda tenham a enfrentar a azucrinação midiática.

Aeroporto e foguetes

E por falar em ACM Neto, ele está soltando foguetes para o resultado do leilão do aeroporto de Salvador (que por acaso leva o nome de Luís Eduardo Magalhães, o tio).

Diz que os investimentos a serem feitos vão alavancar o fluxo turístico em Salvador.

De fato, a obra, que deveria ficar pronta em 2013, para a Copa, acabou virando uma vergonha nacional. E Salvador pagou caro.

Aliás, o aeroporto acabou sendo bem vendido. Foi oferecido por R$ 309,9 milhões e acabou arrematado por quase R$ 661 milhões, mais do dobro. Sinal de que é bom negócio.

"

É preciso urgentemente quebrar o sigilo de tudo, porque assim todo mundo vai saber tudo o que tem. Não fica essa expectativa: 'Ah, hoje é um, amanhã é outro'. E, sobretudo, o mais grave, não dá para querer juntar todo mundo no mesmo balaio

ACM Neto, falando nesta quinta ao site Bahia.Ba sobre as delações da Odebrecht e a lista de Janot.

SOS indústria

A Federação das Indústrias da Bahia (Fieb) soltou nota ontem pedindo socorro. Diz que a produção industrial baiana em 2010 era 27,1% do PIB estadual e desabou para 21% em 2014.

Pior: a indústria de transformação começa 2017 com a segunda pior queda do país, -6,3%, o que dá 15% com o acumulado de 2015. A nota diz que a Bahia precisa frear esse processo de desindustrialização.

Ok. Só que Temer ameaça reativar a CPMF e aumentar o imposto da gasolina. Aí, convenhamos, é matar e esfolar.

Vitória na OAB-BA

A OAB-BA conseguiu ontem importante vitória contra o Banco do Brasil. A juíza Rosana Kaufmann, do TRF da 5ª Região, concedeu liminar obrigando o BB a pagar o alvará judicial em 48 horas. O prazo antes era 15 dias.

Em João Dourado

O juiz Leandro Ferreira de Morais, de João Dourado, concedeu medida liminar suspendendo o decreto do prefeito Celso Dourado (PT) que rescindiu os contratos de 25 técnicos contratados pelo Reda.

O mandado de segurança foi impetrado pelo PSD. A decisão diz que os contratados devem retornar ao trabalho imediatamente sob pena de multa de R$ 1 mil por dia.

Lá, o prefeito é médico, mas ironicamente o setor que mais sofre é o de saúde.

POUCAS & BOAS

O Hospital Martagão Gesteira, a maior referência no tratamento de crianças com câncer da Bahia, completa hoje 52 anos. A instituição faz 500 mil atendimentos por ano em mais de 20 especialidades. É um bem dos baianos e conta com colaboradores em todos os campos, da política ao mundo artístico.

Um novo modelo para a Saúde Suplementar vem sendo estudado por representantes de entidades do setor e será discutido em seminário promovido pela Associação de Hospitais e Serviços de Saúde do Estado da Bahia dia 23 próximo, no Mundo Plaza Business.

O presidente da Federação Baiana de Saúde, Marcelo Britto, que lidera o estudo e patrocina o evento, quer buscar uma solução para o atual esgotamento do sistema. O piloto será testado na Bahia.

E por falar em saúde, acontece hoje no Othon o 19º Fórum da Academia Brasileira de Pediatria (ABP). Vai discutir principalmente sexualidade, anticoncepção e doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Promovido pela Sociedade Brasileira de Pediatria, vai reunir mais de 900 estudantes e técnicos do país.

Período

Colunista:

Coluna:

De:

Até: