Colunistas


Luiz Teles

Luiz Teles

Sáb, 19/11/2016 às 09:28

Adeus, Feioso

Jornalista luiz.teles@grupoatarde.com.br

Minha coluna de hoje seria sobre Guto Ferreira e sua bipolar epopeia de levar o Bahia de volta à elite do futebol brasileiro. Contudo, acordei ontem abalado com a notícia de que o fotógrafo Eduardo Martins havia falecido na noite anterior, vítima de um câncer contra o qual lutava há dois anos. E, apesar de saber que ele não queria muita gente remoendo sua morte por meio de textos, discursos e homenagens, não dá, meu amigo, para deixar de falar de você num dia como esses.

Eduardo foi um fotógrafo de olhar diferenciado para o esporte. Sabia todos os atalhos para chegar à melhor imagem, fosse por meio da perseverança e observação em um dia árduo de trabalho, fosse por uma conversa de ‘pé de ouvido’ com o atacante matador, pedindo antes de um jogo para que, ao marcar um gol, corresse em direção à sua lente. Profissional sério e colega fiel, brigava pela publicação do melhor conteúdo com a mesma força que fazia para acomodar gostos e opiniões diversas. E, por isso, por inúmeras vezes suas fotos foram capazes de mudar caminhos de pautas, como acontece comumente com os grandes fotógrafos em redações mundo afora.

Na foto ao lado, aquele que considero o mais brilhante momento de Eduardo, quando num clique capturou numa única imagem tantas mensagens, tantas narrativas, e de maneira tão bonita, que não me canso de me emocionar ao vê-la. Foi na Copa de 2010, na África do Sul, no bairro de Soweto. Não precisa de legenda, os detalhes falam por si.

Além da Copa-2010, o corintiano (do tipo ‘bando de loucos’) Eduardo também fez o Mundial de 2014 e o Pan-2007, deixando no arquivo de A TARDE algumas das mais brilhantes fotos da dupla Ba-Vi e do esporte na Bahia. Na página A6 de hoje, há mais detalhes de sua trajetória no jornalismo. As minhas palavras ficam por aqui. Parabéns e obrigado por tudo, Feioso!

Período

Colunista:

Coluna:

De:

Até: