Pular navegação e ir direto para o conteúdo

Fale com a Redação

Ter, 06/11/2012 às 08:45

Cantora Marina Lima aventura-se pela primeira vez na escrita

Gabriel Serravalle

Você:


Seu Amigo:


Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com ","(vírgula).

Ex.: nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Máximo 200 caracteres


(*) Todos os campos são obrigatórios

Reportar Erro:

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo A TARDE preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Máximo 200 caracteres

(*) Todos os campos são obrigatórios

-A A+
  • Robert Astley Sparke | Divulgação

    Cantora também faz um show na San Sebastian

Quando estreou no mundo das composições, há 33 anos, Marina Lima batizou o primeiro trabalho com o título Maneira de Ser. Era a fase inicial de uma carreira marcada pelo sucesso, quebra de padrões e momentos íntimos delicados. Hoje, aos 57 anos, com a maturidade que a vida lhe impôs, a cantora carioca embarca em uma nova empreitada, desta vez, no mundo dos livros.

Como símbolo de uma nova estreia, a obra ganhou, também, o título Maneira de Ser, e tem lançamento em Salvador marcado para esta quinta-feira, na Livraria Saraiva do Shopping Center Iguatemi, às 19 horas, com a presença da cantora.

No livro, escrito em primeira pessoa, Marina fala sobre assuntos diversos: infância, família,  internet, religião,  moda, imprensa e até sobre o cabelo. Mas não se trata de uma autobiografia.

"É um livro de não ficção em que eu falo de assuntos que me são interessantes hoje em dia, e alguns estão no passado. Eu tive que fazer um crivo do que era importante eu contar, dizer e revelar", explica a cantora.

Segundo ela, o estímulo veio por causa da internet. "Até então eu não tinha o costume de escrever. Mas com os e-mails eu comecei a organizar melhor a minha escrita. Até que veio o convite da [editora] Língua Geral", conta.

Na obra, há também menção a vários artistas admirados por Marina, como Billie Holiday, Elizeth Cardoso, Seu Jorge, Vanessa da Mata e Fernanda Montenegro, para citar alguns. Entre eles, a cantora destaca também as baianas Daniela Mercury e Ivete Sangalo, mostrando-se aberta à variedade musical. "Quando eu ouço música, o que menos me preocupa é a origem. A música em si já é suficiente para me convencer ou não", diz.

Tema polêmico - Nas 232 páginas do livro há fotos de arquivo pessoal, outras de divulgação, posts publicados na internet e alguns textos sobre Marina publicados por outros autores, tudo isso espalhado em 37 capítulos.

Em um deles, Veneno, a artista fala sobre a relação com algumas drogas. Ela conta que, apesar de ter experimentado, cocaína  "não era a sua praia". Mas defende a polêmica descriminalização da maconha. "Eu acho importante pessoas públicas se pronunciarem sobre o que é relevante. E o que eu busco com isso são direitos iguais. Eu acho, sem hipocrisia, que a maconha chegou no nível do cigarro e do álcool, é só uma questão de regulamentar ou não", posiciona-se.

Entre tantos assuntos, Marina também fala de momentos mais delicados da vida, como quando deu uma pausa da carreira artística, no meio da década de 1990, devido a uma depressão. "Brinco que, nesse período, dei uma desencarnada", relata no livro. Mas há outro assunto que a toca. "É muito emotivo para mim falar de minha mãe, que faleceu há dois anos. Ela foi muito importante na minha formação, na minha afetividade. Ainda é muito intenso para mim falar sobre ela", revela.
A experiência com a escrita despertou em Marina um ânimo novo. Se depender dela,  Maneira de Ser é só o início. "Eu gostei muito disso, de escrever, de me comunicar, de compartilhar as coisas que eu acho importante. Eu descobri na escrita uma música silenciosa", diz.  

Show - Na sexta-feira o compromisso de Marina Lima é com a música. A cantora apresenta um show intimista na San Sebastian, no Rio Vermelho, em que vai relembrar os principais sucessos da carreira.

O reencontro com o público baiano é recebido com alegria pela cantora. "Temos uma relação de uma mútua atração. Sinto que os baianos gostam de mim e eles sempre me alegram", declara.

comentários(0)
  • comentar

    Esqueceu sua senha?

    Digite aqui seu e-mail

    Esqueceu seu login e/ou senha?

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

outras notícias

22/08/2014 às 17:00

Comprar livros representa 82% das operações com Vale-Cultura - Foto: Welton Araújo | AG. A TARDE 26.02.2008

Comprar livros representa 82% das operações com Vale-Cultura

19/08/2014 às 12:48

Prêmio SP de Literatura anuncia romances finalistas

Criado em 2008, o Prêmio São Paulo de Literatura anuncia...

16/06/2014 às 19:05

Programação no Rio Vermelho traz homenagem a Tim Maia - Foto: Leandro França

Programação no Rio Vermelho traz homenagem a Tim Maia

28/08/2014 às 17:11

João Gilberto perde mais uma na Justiça - Foto: Agência Estado

João Gilberto perde mais uma na Justiça

< >

Imprimir

imagem

Antes de imprimir lembre-se da sua responsabilidade e comprometimento com o meio ambiente.

Se preferir, envie por e-mail ou gere um arquivo em .pdf

Deseja realmente imprimir? nãosim

Botão Fechar
Copyright © 1997 - Grupo A TARDE.Todos os direitos reservados.
Rua Prof. Milton Cayres de Brito n° 204 - Caminho das Árvores - Salvador/BA. CEP: 41.820 - 570 Tel.: ( 71 ) 3340 - 8500 | Redação: ( 71 ) 3340 - 8800
últimas notícias