Pular navegação e ir direto para o conteúdo

Fale com a Redação

Seg, 10/09/2012 às 08:49 | Atualizado em: 10/09/2012 às 08:54

Governo quer garantir qualidade da banda larga no Brasil

Paula Laboissière | Agência Brasil

Você:


Seu Amigo:


Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com ","(vírgula).

Ex.: nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Máximo 200 caracteres


(*) Todos os campos são obrigatórios

Reportar Erro:

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo A TARDE preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Máximo 200 caracteres

(*) Todos os campos são obrigatórios

-A A+
  • Agência Brasil

    Presidente quer que operadoras entreguem 60% da velocidade informada

Ao comentar medidas anunciadas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) sobre banda larga, a presidenta Dilma Rousseff disse nesta segunda-feira, 10, que o governo pretende garantir a qualidade da internet banda larga no país. A presidenta destacou que o país registra atualmente 78 milhões de conexões banda larga, sendo 59 milhões de internet portátil.

No programa semanal Café com a Presidenta, Dilma lembrou que um decreto publicado em outubro do ano passado determinava que a Anatel definisse critérios para avaliar e monitorar os serviços de internet prestados no Brasil.

"Muitos consumidores estavam reclamando da velocidade e da estabilidade das conexões. Reclamavam que pagavam e não recebiam pelo serviço pago. Em muitos casos, os consumidores recebiam apenas 10% da velocidade da internet que eles tinham contratado com as empresas prestadoras desse serviço", ressaltou.

Durante o programa, a presidenta reforçou que, a partir de outubro, as operadoras com mais de 50 mil usuários deverão entregar, em média, por mês, uma velocidade mínima de conexão de 60% da anunciada. "Estamos trabalhando para ampliar cada vez mais o acesso das famílias a uma boa conexão de internet", disse a presidenta.

"Fiscalizar significa garantir ao consumidor a necessária proteção contra serviços de má qualidade, garantir o rigoroso cumprimento do que foi por ele contratado e pago. Só assim o consumidor terá os seus direitos respeitados."

Pouco mais de uma semana do início do cadastramento de usuários para testar a qualidade da banda larga fixa no país, aproximadamente 32 mil pessoas se inscreveram para participar da medição, que será feita por uma entidade aferidora selecionada pela Anatel.

Os dados coletados serão divulgados mensalmente pela Anatel e servirão para que o órgão avalie se as empresas estão cumprindo as metas de qualidade estabelecidas. No caso de descumprimento, a agência poderá estabelecer prazos para que o problema seja resolvido, aplicar multas ou até determinar a proibição de vendas.

comentários(1)
  • comentar

    Esqueceu sua senha?

    Digite aqui seu e-mail

    Esqueceu seu login e/ou senha?

Manoel Bomfim Cruz da Silva, 10/09/2012 às 11:39

E NOS CONSUMIDORES TEREMOS O DIREITO DE PAGAR TAMBEM SO OS 60% DO ACERTADO POIS SE AS EMPRESAS PODEM FORNECER APOS ESSA LEI SO 60% DO CONTRATADO E A FATURA TEREMOS O MESMO DIREITO SO PAGAR 60%

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

outras notícias

09/11/2013 às 13:28

Mais de sete milhões de brasileiros usam wi-fi do vizinho - Foto: Editoria de Arte | A TARDE

Mais de sete milhões de brasileiros usam wi-fi do vizinho

26/08/2013 às 16:41

Brasil tem mais de 110 milhões de acessos em banda larga - Foto: Walter de Carvalho | Ag. A TARDE

Brasil tem mais de 110 milhões de acessos em banda larga

30/07/2013 às 13:53

Sinal de internet 3G ainda é raro nas estradas do País

O sinal de telefonia 3G no Brasil está disponível apenas...

22/05/2013 às 12:48

Banda larga: Brasil tem mais de 100 mi de acessos à internet

O Brasil ultrapassou a marca de 100 milhões de acessos à...

< >

Imprimir

imagem

Antes de imprimir lembre-se da sua responsabilidade e comprometimento com o meio ambiente.

Se preferir, envie por e-mail ou gere um arquivo em .pdf

Deseja realmente imprimir? nãosim

Botão Fechar
Copyright © 1997 - Grupo A TARDE.Todos os direitos reservados.
Rua Prof. Milton Cayres de Brito n° 204 - Caminho das Árvores - Salvador/BA. CEP: 41.820 - 570 Tel.: ( 71 ) 3340 - 8500 | Redação: ( 71 ) 3340 - 8800
últimas notícias