ATARDE.com.br

Fale conosco
Empresas do Grupo
Buscar
Qua, 05/09/2012 às 14:16 | Atualizado em: 05/09/2012 às 16:14

Neymar vê Brasil ofensivo e pronto para agradar torcida

Paulo Galdieri
compartilhe
Enviar para Amigo
INDIQUE A UM AMIGO

Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com “,” (vírgula). Ex.:nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

De: Fulano de Tal

Dados enviados com sucesso.
Reportar erro

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo A TARDE preencha os dados abaixo e clique em "Enviar"

Aumentar fonte Diminuir fonte

Foto: Rafael Ribeiro / CBF

Jogador do Santos, Neymar diz que se sente em casa atuando no Morumbi - Foto: Rafael Ribeiro / CBF

Jogador do Santos, Neymar diz que se sente em casa atuando no Morumbi

O atacante Neymar afirmou nesta quarta-feira, em Cotia (SP), onde os comandados de Mano Menezes se preparam para enfrentar a África do Sul, nesta sexta, às 15h45, no Morumbi, que vê a seleção brasileira preparada e forte para agradar ao sempre exigente público paulistano que irá ao estádio para acompanhar o amistoso.

O jogador destacou que, embora o local seja a casa do São Paulo, ele se sente muito à vontade quando atua no tradicional palco do rival do seu Santos. "Já me sinto em casa jogando no Morumbi. É um estádio que eu conheço bem, temos tudo para fazer um grande jogo. A seleção ataca bastante, tem um time muito rápido e tem tudo para conquistar a torcida", ressaltou, em entrevista coletiva.

Já ao ser questionado sobre qual comportamento espera que os torcedores tenham durante o amistoso desta sexta, Neymar respondeu: "Se estivesse que dar um recado, era para que esquecessem a rivalidade entre os clubes e torcessem para quem estiver jogando".

Neymar também comentou nesta quarta sobre a situação de Paulo Henrique Ganso, que segue sem aceitar a proposta de valorização salarial feita no Santos e está na mira de São Paulo, Grêmio e Fluminense. O jogador tratou esse caso como um "assunto chato" e disse apenas torcer pela permanência do meio-campista na Vila Belmiro.

"O Paulo Henrique, por ser o Ganso, o jogador que é, não deveria passar por essa situação, independentemente de quem esteja certo ou errado. Torço para que resolva logo e ele permaneça do meu lado, porque a casa dele é o Santos", destacou.

Publicidade

Publicidade

Últimas notícias | Copa 2014

 marca do a atarde
  • notícia
  • esporte
  • entretenimento
  • blogs e colunas
  • cidadão repórter

assine

Salvador e região metropolitana

(71)3533-0855

Demais localidades

0800 071 8500

SEG a SEX:7h às 19h

SAB,DOM e feriados: 7h às13h

WhatsAPP

(71) 9601-0020

Redação:

(71) 3340-8800

Central:

(71) 3340-8500

Classificados:

(71) 3533-0855

anuncie classificados

(71) 3533-0855