Pular navegação e ir direto para o conteúdo

Fale com a Redação

Dom , 19/08/2012 às 20:55

Muricy elogia time, mas evita falar de erro do árbitro

Sanches Filho | Agência Estado

Você:


Seu Amigo:


Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com ","(vírgula).

Ex.: nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Máximo 200 caracteres


(*) Todos os campos são obrigatórios

Reportar Erro:

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo A TARDE preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Máximo 200 caracteres

(*) Todos os campos são obrigatórios

-A A+

A vitória por 3 a 2 sobre o Corinthians foi um presente dos jogadores para o técnico Muricy Ramalho, que completou neste domingo o seu 100º jogo no Santos. O treinador considerou a partida excelente e se mostrou satisfeito não apenas com o resultado na Vila Belmiro, mas também pelo bom futebol apresentado por Ganso, Neymar, Patito e André no ataque santista.

Muricy descartou o clima de revanche pelo fato de o Santos ter sido eliminado pelo Corinthians, há dois meses, na semifinal da Libertadores. "Não falei nenhuma vez em vingança na preleção. Foi um clássico aberto e os dois times estão de parabéns", disse o treinador, que se esquivou de comentar o erro da arbitragem a validar o segundo gol santista. "De onde eu estava não dá para falar."

Mas, apesar da segunda vitória seguida após o retorno de Neymar e Ganso da seleção, Muricy acha que é cedo para falar sobre as possibilidades de o Santos ainda brigar pelo título do Campeonato Brasileiro ou pelo menos se classificar para a Libertadores de 2013. O time está com 23 pontos, 19 atrás do líder Atlético-MG. "A gente abriu mão do Brasileiro no começo e, agora, a recuperação fica difícil, porque é preciso analisar os times que estão na frente e que têm elenco muito bom", disse o técnico.

O jogador que mais comemorou a vitória santista no clássico foi o capitão Léo. "O resultado não foi achado. Construímos a vitória, num jogo de duas equipes de qualidade. E vamos ser verdadeiros e coerentes: no futebol, o Santos sempre foi muito mais time que o Corinthians", disse o lateral.

comentários(0)
  • comentar

    Esqueceu sua senha?

    Digite aqui seu e-mail

    Esqueceu seu login e/ou senha?

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

outras notícias

24/03/2014 às 12:01

Santos e São Paulo jogam quarta nas finais do Paulistão

A Federação Paulista de Futebol definiu nesta...

26/02/2014 às 16:50

Encontro de torcidas causa preocupação no carnaval

Para participarem do desfile do Grupo 1 da Uesp (União...

23/02/2014 às 19:30

Arbitragem desagrada a São Paulo e Santos no Morumbi

São-paulinos e santistas dividiram opiniões sobre quem...

23/02/2014 às 17:08

Com apito polêmico, São Paulo e Santos ficam no 0 a 0

São Paulo e Santos empataram sem gols neste domingo, no...

< >

Imprimir

imagem

Antes de imprimir lembre-se da sua responsabilidade e comprometimento com o meio ambiente.

Se preferir, envie por e-mail ou gere um arquivo em .pdf

Deseja realmente imprimir? nãosim

Botão Fechar
Copyright © 1997 - Grupo A TARDE.Todos os direitos reservados.
Rua Prof. Milton Cayres de Brito n° 204 - Caminho das Árvores - Salvador/BA. CEP: 41.820 - 570 Tel.: ( 71 ) 3340 - 8500 | Redação: ( 71 ) 3340 - 8800
últimas notícias