Pular navegação e ir direto para o conteúdo

Fale com a Redação

Seg, 06/08/2012 às 14:48

Mãe de medalhista vai celebrar ouro com churrasco

Agência Folhapress

Você:


Seu Amigo:


Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com ","(vírgula).

Ex.: nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Máximo 200 caracteres


(*) Todos os campos são obrigatórios

Reportar Erro:

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo A TARDE preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Máximo 200 caracteres

(*) Todos os campos são obrigatórios

-A A+
  • Brian Snyder | Agência Reuters

    Zanett entrou para a história ao conquistar a primeira medalha de ouro do Brasil nas argolas

O ginasta Arthur Zanetti, 22, conquistou o ouro nas argolas nesta segunda-feira, 06, em Londres. Foi a primeira medalha do país na modalidade. E a mãe do atleta já planeja uma festa para o filho na volta ao Brasil.

"Já recebemos muitos parabéns e já fizemos uma festa aqui. No Brasil, vamos fazer uma outra grande festa, com um grande churrasco", disse Roseane Zanetti. Ela foi até Londres para acompanhar o atleta, que tem ainda a companhia da namorada, do irmão e do pai na Inglaterra.

"Veio a torcida completa para cá. É muito emocionante, muito gostoso. Eu acho que a ficha ainda não caiu para a gente aqui. É uma alegria enorme saber que ele conseguiu o objetivo dele", disse Roseane.

A aventura de Arthur na ginástica começou quando ainda era criança e um professor da escola ressaltou sobre sua agilidade com o corpo. Arthur praticou futebol e natação, mas se deu bem mesmo na ginástica.

"Ele gostou e apoiamos ele totalmente. O que ele queria mesmo era a ginástica", disse Roseane.

O paulista conquistou o ouro após atingir 15.900. Ele superou o chinês Chen Yibing, campeão mundial e campeão nos Jogos de Pequim-2008, que ficou com a prata, com 15.800. De acordo com Roseane, o ginasta foi a Londres com a meta de chegar ao topo do pódio.

"Ele é uma pessoa muito determinada, ele tem muita vontade, quando ele traça um objetivo ele vai atrás. Ele sempre corre atrás do que ele quer. E o objetivo dele era ganhar esse ouro."

Arthur concilia os treinamentos com os estudos. Está no terceiro semestre de educação física e, de acordo com sua mãe, estuda até mesmo durante as viagens. Roseane deseja agora um incentivo maior à ginástica no Brasil.

"Falta um apoio maior. Isso não tem. Ele treina muito, faz o sacrifício dele, mas os aparelhos são caros. É difícil conseguir isso, por isso muitas vezes complica."

comentários(0)
  • comentar

    Esqueceu sua senha?

    Digite aqui seu e-mail

    Esqueceu seu login e/ou senha?

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

outras notícias

19/10/2014 às 19:26

Londrina e Brasil de Pelotas sobem para Série C

Dois dos times mais tradicionais do interior do País...

18/10/2014 às 08:30

Brasil Ride reúne a elite do mountain bike na Chapada - Foto: Luciano da Matta | Ag. A TARDE

Brasil Ride reúne a elite do mountain bike na Chapada

17/10/2014 às 20:10

Robinho diz que prefere jogo contra o Cruzeiro na Vila

O Santos vai decidir em casa uma vaga na final da Copa do...

17/10/2014 às 16:06

Ministério vê 2016 como chance de Brasil virar potência

Mais importante do que uma participação nos Jogos...

< >

Imprimir

imagem

Antes de imprimir lembre-se da sua responsabilidade e comprometimento com o meio ambiente.

Se preferir, envie por e-mail ou gere um arquivo em .pdf

Deseja realmente imprimir? nãosim

Botão Fechar
Copyright © 1997 - Grupo A TARDE.Todos os direitos reservados.
Rua Prof. Milton Cayres de Brito n° 204 - Caminho das Árvores - Salvador/BA. CEP: 41.820 - 570 Tel.: ( 71 ) 3340 - 8500 | Redação: ( 71 ) 3340 - 8800
últimas notícias
[fechar]