Pular navegação e ir direto para o conteúdo

Fale com a Redação

Sex, 06/11/2009 às 17:52

Para defesa dos Nardoni, coleta de sangue é dispensável

Você:


Seu Amigo:


Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com ","(vírgula).

Ex.: nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Máximo 200 caracteres


(*) Todos os campos são obrigatórios

Reportar Erro:

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo A TARDE preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Máximo 200 caracteres

(*) Todos os campos são obrigatórios

-A A+
O advogado de defesa de Alexandre Nardoni e Ana Carolina Jatobá, Roberto Podval, afirmou que o fato de o casal se negar a fazer a coleta de sangue para um exame de DNA não atrapalha as investigações. Para Podval "o resultado é absolutamente o mesmo com um ou outro material", disse.

O exame é para confrontar com as amostras do sangue colhidas no apartamento no dia em que Isabella Nardoni foi morta, em março de 2008.

Os peritos do Instituto Médico Legal (IML) coletaram nesta manhã as amostras de mucosa bucal e fios de cabelo do casal. A coleta foi feita nos presídios de Tremembé, a 140 km da capital paulista.

Ao determinar a realização de um novo exame no sangue encontrado no apartamento do casal, o juiz Maurício Fossen, da 2ª Vara do Júri do Fórum de Santana, afirmou que "fica evidente que a comparação de sangue com sangue permite uma maior precisão no resultado a ser obtido. A utilização de material diverso do sangue somente teria sentido caso o sangue dos réus não pudesse ser obtido para análise, o que, a toda evidência, não é o caso dos autos".

Isabella, de 5 anos, morreu ao ser atirada do 6º andar do prédio em que seu pai e a madrasta moravam. Os dois estão presos.
comentários(0)
  • comentar

    Esqueceu sua senha?

    Digite aqui seu e-mail

    Esqueceu seu login e/ou senha?

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

outras notícias

06/10/2014 às 15:34

Marinha continua inscrevendo para concurso com 738 vagas - Foto: Margarida Neide | Ag. A TARDE

Marinha continua inscrevendo para concurso com 738 vagas

30/09/2014 às 11:28

PF prende quadrilha que desviou R$ 2 milhões de correntistas

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta segunda-feira, 29,...

22/09/2014 às 19:10

Brasil Plural assume ativos do Besi Brasil

O banco de investimentos Brasil Plural comunicou, por...

18/09/2014 às 08:32

Brasil quer que ONU fiscalize direito gay - Foto: Nacho Doce l Reuters

Brasil quer que ONU fiscalize direito gay

< >

Imprimir

imagem

Antes de imprimir lembre-se da sua responsabilidade e comprometimento com o meio ambiente.

Se preferir, envie por e-mail ou gere um arquivo em .pdf

Deseja realmente imprimir? nãosim

Botão Fechar
Copyright © 1997 - Grupo A TARDE.Todos os direitos reservados.
Rua Prof. Milton Cayres de Brito n° 204 - Caminho das Árvores - Salvador/BA. CEP: 41.820 - 570 Tel.: ( 71 ) 3340 - 8500 | Redação: ( 71 ) 3340 - 8800
últimas notícias