Pular navegação e ir direto para o conteúdo

Fale com a Redação

Ter , 28/08/2012 às 14:07

Para expor erro do PT, Prefeitura abre dado de paciente

Julia Duailibi e Isadora Peron | Agência Estado

Você:


Seu Amigo:


Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com ","(vírgula).

Ex.: nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Máximo 200 caracteres


(*) Todos os campos são obrigatórios

Reportar Erro:

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo A TARDE preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Máximo 200 caracteres

(*) Todos os campos são obrigatórios

-A A+

A Prefeitura de São Paulo divulgou nesta segunda dados do prontuário de um paciente do sistema público que expõem erro no programa eleitoral de TV de Fernando Haddad, candidato do PT. Segundo especialistas, a divulgação de dados médicos sem autorização do paciente configura quebra de sigilo.

 

No horário eleitoral petista, o caminhoneiro José Machado reclama do sistema municipal de saúde e diz que está aguardando há pelo menos dois anos para fazer uma cirurgia de catarata.

 

A reportagem do jornal O Estado de S. Paulo questionou a Secretaria Municipal de Saúde sobre o problema. A assessoria de imprensa informou, então, que já havia consultado os dados do paciente na Unidade Básica de Saúde Guaianases 1 e no ambulatório de especialidades Jardim São Carlos e que a "hipótese de diagnóstico" não era catarata, mas pterígio - crescimento do tecido sobre a córnea.

 

A secretaria ainda questionou o fato de o paciente que aparece no programa de Haddad ter dito que estava na fila para receber a cirurgia de catarata. Segundo o órgão, não há filas para isso. Machado disse não ter dado autorização para a divulgação de seus dados.

 

Segundo o Conselho Federal de Medicina, é proibido que o médico, sem consentimento do paciente, revele o conteúdo de um prontuário ou de uma ficha médica. A revelação do segredo médico somente é permitida, diz o órgão, em casos extremos, como abuso sexual, aborto criminoso ou perícias médicas judiciais.

 

"É quebra de sigilo (divulgar sem autorização). O hospital ou o diretor técnico que responde por ele não pode falar da doença, por mais que o paciente esteja errado", afirmou Renato Azevedo Júnior, presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo. Para Reinaldo Ayer, professor de Bioética da USP, "caracteriza uma infração ética a divulgação do prontuário médico por parte do médico ou hospital, sem autorização".

 

A Prefeitura de São Paulo é administrada pelo prefeito Gilberto Kassab (PSD), que apoia o candidato do PSDB, José Serra.

 

A campanha de Haddad minimizou a informação errada exibida em seu programa de TV. Afirmou que foi Machado quem afirmou ter catarata. Disse ainda que, provavelmente, ele não sabia a diferença entre catarata e a doença que de fato possui. Os petistas também atacaram a Prefeitura afirmando que o problema de Machado deveria ter sido resolvido independentemente do diagnóstico. "Pterígio é mais simples que catarata", disse Carlos Neder, vereador petista.

 

Segundo a assessoria de imprensa da secretaria, Machado fora atendido no dia 13 de janeiro no ambulatório de especialidades no Jardim São Carlos. Depois do atendimento, afirmou o órgão, ele foi encaminhado ao Cema (hospital de especialidades que é privado, mas que tem convênio com o governo). Teria sido atendido no dia 17 de janeiro, quando fora recomendado um novo exame nos olhos do paciente.

 

As informações sobre o prontuário do paciente foram passadas ao Grupo Estado por telefone pela assessoria de imprensa em dois contatos telefônicos. A assessoria afirmou que formalizaria as respostas mediante um pedido por escrito. A reportagem, então, enviou um e-mail solicitando informações sobre "a fila para realizar o atendimento médico do sr. José Machado".

 

Nota

 

A secretaria enviou nota oficial no início da noite na qual não detalhou, como no contato telefônico, o diagnóstico de Machado. Disse que a pasta "iniciou uma averiguação", "como em todas as situações deste tipo".

 

"A campanha do candidato Fernando Haddad colocou em seu programa de TV o depoimento do sr. J.M.S., que alega estar há dois anos aguardando por uma cirurgia de catarata e que já estaria com a visão prejudicada. Como em todas as situações deste tipo, a Secretaria Municipal da Saúde iniciou uma averiguação, até porque não há fila de espera para catarata na cidade de São Paulo", informou a secretaria.

 

Ainda segundo a nota, "o principal problema oftalmológico que afeta o paciente não é a catarata" e que "o paciente está sendo atendido e acompanhado pelo Cema". A nota da secretaria também disse que "o paciente necessita de um exame UBM (ultrassom de córnea), que não está incluído pelo Ministério da Saúde na Tabela do SUS".

comentários(15)
  • + recentes
  • + votados
  • comentar

    Esqueceu sua senha?

    Digite aqui seu e-mail

    Esqueceu seu login e/ou senha?

elton, 13/09/2012 às 13:52

http://atarde.uol.com.br/politica/eleicoes/materias/1453123-caminhoneiro-usado-por-haddad-tem-mesmo-catarata

IGOR, 29/08/2012 às 06:42

Os lulopetistas como sempre mentindo..., mentem durante as campanhas, mentem depois das campanhas, mentem sempre..., e pior..., enganam facilmente seus alienados eleitores.

IGOR, 29/08/2012 às 06:23

Mentiras e mais mentiras...!!!

Jefferson Luiz da Silva, 29/08/2012 às 05:56

O jornal também errou ao publicar os dados já que deveria saber do caráter sigiloso da informação.

Php, 29/08/2012 às 01:01

A prefeitura está certinha, nao concordou com a difamação e foi conferir a informação. Esse senhor e o seu comprador, tal do ministro kitgay é que deviam ser processados por calunia. Fora PT, São Paulo não aceita vocês. Fora daqui!

Php, 29/08/2012 às 00:55

A prefeitura está certíssima, não concordou com a declaração e foi consultar, esse senhor e o seu "comprador", mais conhecido como ministro kitgay deviam ser processados por difamação, isso sim. Valeu prefeitura de São Paulo!!!

Antonio Silva, 29/08/2012 às 00:34

Este candidato do PT é um estupido, não sabe falar, não tem conhecimento de nada, estava ministro pq é militante do PT, quem está falando por ele é os seu padrinho LULA51,

Sérgio Alvares, 28/08/2012 às 23:21

Erro do PT?! Mentira do PT não seria mais apropriado?! Erro foi falar (não foi mostrado) do problema do cavalheiro em questão, agora a mentira deslavada, foi do PT.... Literalmente?! Campanha suja! ... Certo?!

José Polvão, 28/08/2012 às 23:17

Sérgio Alvares, 28/08/2012 às 23:17

Erro do PT?! Mentira do PT não seria mais apropriado?! Erro foi falar (não foi mostrado) do problema do cavalheiro em questão, agora a mentira deslavada, foi do PT.... Campanha suja significa literalmete... Certo?!

Claudio Lourenço, 28/08/2012 às 22:52

Brincadeira da SMS S.P, aqui Se massifica a mentira pois quem afirma contrario são minorias que vez outra utiliza serviços de saude, segurança....Não fique doente em S.P. pois sentira frieza de pessoas que veem na politica a arte de enganar

Fulvio Godoy, 28/08/2012 às 22:13

Não há filas para cirurgia de cataratas na cidade de São Paulo? Deve ser algum tipo de piada (de mau gosto) da Secretaria Municipal de Saúde. Há mais de um ano meu pai, que é diabético, "perambula" pelos AMAs da zona oeste atrás da cirurgia de cataratas nos dois olhos e até agora não conseguiu.

Admilson Alves da Silva, 28/08/2012 às 22:11

Quem reclama do sistema de saúde em SP, precisa conhecer o resto do país... Quem acha que SP está pior, não mora aqui ou é petista.

Robinson Jamil, 28/08/2012 às 21:51

o pt só sabe isso jogar sujo,e agora que a bomba foi jogada no governo federal que é do pt,o sus nao paga o exame,pt e o crime andam de maos dadas,é só ver quem preside o pais,uma criminosa anistiada,pior nao largou o crime e esta cabando com o pais,nao queremos isso para sp,pt fora.

Robinson Jamil, 28/08/2012 às 21:46

como sempre o pt joga sujo,e depois se faz de coitado,nao quremos o pt em sp,nao queremos ser igual ao brasil governado por bandidos,sp nao merece uma quadrilha na prefeitura,pt nunca mais.

ver mais

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

outras notícias

15/03/2014 às 07:44

Fila por vaga em creche aumenta no 1º ano de Haddad

A Prefeitura de São Paulo fechou 2013, primeiro ano da...

04/04/2014 às 10:09

Impasse pode atrasar construção de hospital em SP

Um impasse entre a Prefeitura e o Metrô de São Paulo pode...

24/04/2014 às 12:34

Nogueira diz que indicação a vice de Alckmin é boato

O presidente do PSDB do Estado de São Paulo, deputado...

15/04/2014 às 20:37

Servidores da Saúde ocupam Assembleia de SP em protesto

Cerca de cem servidores da saúde ocuparam nesta...

< >

Imprimir

imagem

Antes de imprimir lembre-se da sua responsabilidade e comprometimento com o meio ambiente.

Se preferir, envie por e-mail ou gere um arquivo em .pdf

Deseja realmente imprimir? nãosim

Botão Fechar
Copyright © 1997 - Grupo A TARDE.Todos os direitos reservados.
Rua Prof. Milton Cayres de Brito n° 204 - Caminho das Árvores - Salvador/BA. CEP: 41.820 - 570 Tel.: ( 71 ) 3340 - 8500 | Redação: ( 71 ) 3340 - 8800
últimas notícias