Pular navegação e ir direto para o conteúdo

Fale com a Redação

Seg, 24/09/2012 às 22:08

Humberto Costa intensifica ataques a Geraldo Julio

Angela Lacerda

Você:


Seu Amigo:


Para enviar para outro(s) amigo(s), separe os e-mails com ","(vírgula).

Ex.: nome@exemplo.com.br, nome@exemplo.com.br

Máximo 200 caracteres


(*) Todos os campos são obrigatórios

Reportar Erro:

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas pelo A TARDE preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Máximo 200 caracteres

(*) Todos os campos são obrigatórios

-A A+

Perdendo terreno na preferência do eleitorado - de acordo com a última pesquisa Ibope, caiu para o terceiro lugar, com 15% - o candidato petista a prefeito do Recife, Humberto Costa, acirrou o tom de ataque na propaganda eleitoral do rádio e da televisão. O alvo principal é o afilhado político do governador Eduardo Campos, Geraldo Julio (PSB), que está na liderança, com 39%.

O mote, constantemente repetido pelo PT, é o de que o projeto estadual de Parceria Público Privada da Compesa (empresa estadual de água e saneamento), para implantar saneamento na capital e região metropolitana, vai aumentar em 15% a tarifa da água. O assunto vem sendo tratado pelo PT como "privatização" da Compesa.

Humberto garante que, se eleito prefeito, vai acabar com o contrato para o Recife, impedindo o aumento da água. Diz que irá resolver o problema através de projetos em parceria com a presidente Dilma.

A acusação levou o governador a aparecer no programa do seu candidato e afilhado político, Geraldo Julio, dizendo que se trata de uma mentira. "A Compesa não será vendida e não haverá aumento da conta d'água", esclareceu o governador ao eleitor, ao atribuir a atitude a "gente desesperada para vencer uma disputa eleitoral".

O candidato do PSDB, Daniel Coelho, que, de acordo com a pesquisa Ibope divulgada no domingo desbancou o candidato do PT e está na segunda colocação, com 24%, também não escapou ao ataque petista. Humberto buscou desconstruir a imagem de novo e independente que vem sendo atribuída a Daniel, ao lembrar que atrás do candidato - que é egresso do PV e usa sempre camisa verde - está o PSDB, partido, segundo ele, ligado ao atraso. "É o que há de mais velho na política do Brasil", afirmou, enquanto imagens do ex-presidente Fernando Henrique e do candidato à prefeitura de São Paulo, José Serra, eram mostradas. "Se a gente baixar a cabeça, se a gente não tiver coragem de enfrentar, vão querer ganhar no grito", alerta o petista.


Publicidade

Publicidade

comentários(0)
  • comentar

    Esqueceu sua senha?

    Digite aqui seu e-mail

    Esqueceu seu login e/ou senha?

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

outras notícias

03/02/2016 às 13:15

Humberto Costa é reconduzido à liderança do PT e opta por tom conciliador

A bancada do PT no Senado optou, na manhã desta...

02/02/2016 às 16:53

De saída do cargo, líder do PT critica relação de Dilma com o Congresso

A presidente Dilma Rousseff decidiu levar pessoalmente,...

09/12/2015 às 12:42

Crise política interfere na economia, mas inflação deve se reverter, diz Costa

Para o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), a...

08/12/2015 às 15:31

Líder do PT no Senado classifica carta de Temer como 'desabafo pessoal'

O líder do PT, Humberto Costa (PE), classificou nesta...

< >

Imprimir

imagem

Antes de imprimir lembre-se da sua responsabilidade e comprometimento com o meio ambiente.

Se preferir, envie por e-mail ou gere um arquivo em .pdf

Deseja realmente imprimir? nãosim

Botão Fechar
Copyright © 1997 - Grupo A TARDE.Todos os direitos reservados.
Rua Prof. Milton Cayres de Brito n° 204 - Caminho das Árvores - Salvador/BA. CEP: 41.820 - 570 Tel.: ( 71 ) 3340 - 8500 | Redação: ( 71 ) 3340 - 8800
últimas notícias