Extremo Oeste Baiano

Claudia Lessa Sex , 11/01/2019 às 16:34 | Atualizado em: 11/01/2019 às 16:36

Pequenos produtores de algodão do Sudoeste da Bahia recebem novos kits de irrigação



A Associação Baiana dos Produtores de Algodão (ABAPA) está beneficiando os pequenos agricultores do Sudoeste baiano com a doação de mais 49 kits de irrigação por gotejamentos e suporte técnico para garantir o desenvolvimento da produção de algodão na região. Além do equipamento para o plantio de um hectare, a entidade também disponibilizou insumos como sementes de algodão, fertilizantes para o solo e defensivos para controle de pragas, como o bicudo do algodoeiro. No Sudoeste, a previsão para a safra 2018/2019 é que sejam semeados 12,100 mil hectares de algodão, um crescimento de 16% em relação à safra passada.

O coordenador do programa fitossanitário da ABAPA, Antônio Carlos Araújo, explica que dois técnicos da entidade estão na região para garantir o acompanhamento dos produtores para que os kits de irrigação e os insumos sejam utilizados da forma correta. “Hoje, os pequenos produtores do Sudoeste estão utilizando as mesmas técnicas e insumos de quem planta algodão com sucesso no Oeste da Bahia”, afirma. Na safra de 2018/2019 foram beneficiados produtores dos municípios de Brumado, Candiba, Carinhanha, Guanambi, Iuiu, Lagoa Real, Malhada, Palmas de Monte Alto, Pindaí, Rio do Antônio, Sebastião Laranjeiras e Serra do Ramalho.

O presidente da ABAPA, Júlio Busato, explica que o projeto de apoio aos pequenos cotonicultores do Sudoeste tem gerado resultados satisfatórios. Segundo ele, a região tem aumentado a área cultivada com algodão em sistema irrigado por gotejamento, aspersão e micro aspersão. “Até a última safra são, aproximadamente, 400 hectares de algodão e outras culturas irrigadas espelhados neste projeto que vem transferindo a tecnologia já utilizada com sucesso entre os produtores do Oeste da Bahia. Com isso, estamos garantindo ao produtor uma maior rentabilidade permitindo a sua permanência no campo e gerando mais emprego e renda no campo e nas cidades”, afirma.

Responsável pela produção de 98% de algodão na Bahia, na região Oeste foi plantado 321.487 mil hectares. Em todo o Estado, a ABAPA prevê crescimento de 26,5% da área de algodão na safra 2018/2019. Desde o início do projeto, ainda na safra 2014/15, a ABAPA totalizou a doação de 130 kits de irrigação complementar por gotejamento aos pequenos produtores da agricultura familiar no Sudoeste da Bahia. Também participaram da entrega dos kits os secretários de Agricultura dos municípios de Malhada, José Castor, e Iuiú, Jairo Prado, que representam a parceria das prefeituras no projeto.