Metropolitana

Da Redação Seg , 12/03/2018 às 16:39 | Atualizado em: 12/03/2018 às 16:51

Mangues de Santo Amaro recebem um milhão de filhotes de caranguejo



Nesta quarta-feira (14), às 13h, a Bahia Pesca - empresa vinculada à Secretaria de Agricultura do Estado - realizará o repovoamento de um milhão de megalopas (filhotes de caranguejo na segunda fase de desenvolvimento) nos manguezais do distrito de Acupe, em Santo Amaro. A iniciativa faz parte do Programa Integrado de Manejo e Gerenciamento do Caranguejo-uçá (Puçá), desenvolvido pela empresa, e contará com a parceria dos estudantes do curso técnico em Aquicultura do município, oferecido pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC).

O técnico da Bahia Pesca, Eduardo Rodrigues, explica que o objetivo da parceria é aproximar os discentes da realidade dos manguezais por meio de limpeza do mangue, plantio de mudas e repovoamento dos caranguejos. “Os alunos se tornam multiplicadores do conhecimento e transmitirão esse aprendizado para estudantes das escolas públicas municipais de Santo Amaro da Purificação”, destaca.

As megalopas, completa o técnico, foram cultivadas no laboratório da Bahia Pesca, na Fazenda Experimental Oruabo, em Santo Amaro, onde também são realizadas as principais atividades de pesquisa da empresa. As fêmeas utilizadas para a reprodução foram capturadas no próprio manguezal e serão devolvidas ao habitat natural durante o repovoamento.

“Durante sua estada em nosso laboratório, as fêmeas foram nutridas com alimentos à base de peixes e camarão até a eclosão dos ovos. É nesse momento que ‘nasce’, em forma de larva, a iguaria tão apreciada por baianos e turistas. As larvas, então, são colocadas em tanques onde se alimentam de microalgas e microcrustáceos e vão se desenvolvendo até atingir o estágio de megalopas”, detalha Eduardo Rodrigues.