Metropolitana

Divulgação Sex , 13/04/2018 às 18:22 | Atualizado em: 13/04/2018 às 18:30

4ª Mostra de Filmes Educa 7 Minutos é lançada em Lauro de Freitas



A Prefeitura de Lauro de Freitas lançou a 4ª Mostra de Filmes Educa 7 Minutos, que levará aos expectadores histórias fictícias e reais, além de documentários inéditos, contados por estudantes da rede municipal e representantes de instituições de ensino e de territórios de cultura e esporte. Os filmes inscritos serão avaliados seguindo os critérios da qualidade técnica e da experimentação da linguagem audiovisual, com premiação dividida em categorias. O projeto, lançado nesta semana, no Cine Teatro, é desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação (SEMED), em parceria com a Secretaria de Educação da Bahia.

O secretário municipal da Educação, Paulo Gabriel Nacif, explicou que a iniciativa visa estimular, fomentar e divulgar produções cinematográficas de curta duração (no máximo sete minutos), para promover a integração entre os estudantes. “Poderão participar grupos de jovens formados de cinco a dez integrantes, a partir de 12 anos, residentes em Lauro de Freitas, matriculados na rede municipal ou estadual de ensino em qualquer segmento”, informou.

Durante o lançamento da mostra, a Companhia de Teatro de Lauro de Freitas apresentou a peça “Edu e Cação”, na qual dois alunos narram o cotidiano de uma escola onde os estudantes e funcionários tentam conter a depredação do patrimônio. O texto e a direção da montagem têm a assinatura de Tobé Veloso. Os alunos da Escola Barro Duro também fizeram uma apresentação artística para a plateia formada por mais de cem alunos de diferentes escolas de Lauro de Freitas, que também assistiram às palestras que explicaram a dinâmica do Educa7.

Categorias

O projeto Educa 7 está subdividido em cinco categorias: A (Cine Escola); B (Território de Cultura e Esportes); C (Institucional); D (Intermunicipal) e E (Mostrinha Educa Kids, este voltado para o público infanto-juvenil). “Nessa categoria não haverá competição, apenas a exibição dos curtas”, explicou a diretora do Núcleo de Educomunicação da SEMED, a Gabriella Santana.

As inscrições são gratuitas e seguem os critérios de escolha dos participantes nas categorias. Os interessados nas categorias A e B seguirão etapas até a finalização do processo que concluirá o cadastramento das equipes. A primeira fase para esse grupo de inscritos consta no envio da lista dos nomes de cada componente. Em seguida, os estudantes devem participar das oficinas. O idealizador do projeto, Alexandre Sena, alerta que somente as equipes que tiverem concluído os roteiros serão homologadas através do endereço eletrônico https://docs.google.com/forms/d/1TGkYrta9WFJA9Mwsyw2Bqa1jquzuA.

Para os estudantes que pretendem se inscrever nas categorias C, D e E, os registros podem ser feitos até dia 13 de novembro de 2018, através do preenchimento e envio de formulários disponíveis somente pela internet, clicando aqui. “Este ano, ampliamos a oferta de oficinas. A primeira será de roteiro, porque notamos, na edição passada, que a maior dificuldade dos estudantes era a criação da proposta de roteiro para o cinema”, disse Sena.

A finalização e exibição dos filmes estão programadas para acontecer nos dias 26, 27 e 28 de novembro, no Cine Teatro de Lauro de Freitas, com a premiação dos curtas nas categorias A e B, avaliados em melhor filme ficcional, melhor filme documentário, melhor atuação, melhor edição, melhor fotografia, melhor trilha sonora. Na categoria C e D, o vencedor será o melhor filme e na categoria E não haverá premiação.