Metropolitana

Claudia Lessa Ter , 14/05/2019 às 16:15 | Atualizado em: 14/05/2019 às 16:22

Semana de Museus do Parque Histórico Castro Alves dialoga sobre futuro das tradições sertanejas



A 17ª Semana Nacional de Museus, que prossegue até domingo (19), no Parque Histórico Castro Alves (PHCA), em Cabaceiras do Paraguaçu, traz como reflexão o futuro das tradições sertanejas. Durante o evento, os museus administrados pelo Instituto do Patrimônio Cultural da Bahia (IPAC) participam da temporada cultural promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM) em comemoração ao Dia Internacional de Museus (celebrado oficialmente em 18 de maio) que traz o tema “Museus como núcleos culturais: o futuro das tradições”.

Uma série de atividades gratuitas ligadas ao tema das tradições sertanejas estão sendo realizadas no PHCA, com destaque para a exposição “Uma casa sertaneja”. “A mostra reúne, em um só espaço, sensibilidade e subjetividade com a realidade sociocultural sertaneja. Em especial, aspectos do cotidiano e elementos do ofício de agricultor e de vaqueiro que representam na articulação dos acervos de mobiliário, ornamentos, instrumentos domésticos, instrumentos de trabalho, escultura, fotografia e registros estéticos da sociedade e da cultura sertaneja”, explica a coordenadora do Parque Histórico Castro Alves, Diogenisa Oliva.

A programação consta de atividades lúdicas, visitas mediadas, palestras, oficinas e exibição de filmes (programação completa no site Dimus Bahia). As unidades da Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia do IPAC participantes são: Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica, Museu Tempostal, Centro Cultural Solar Ferrão e Laboratório de Educação Digital (LabDimus) - localizados no Pelourinho -, além do Museu do Recolhimento dos Humildes (Santo Amaro) e do próprio Parque Histórico Castro Alves, em Cabaceiras do Paraguaçu, onde nasceu o poeta Castro Alves.