Metropolitana

Claudia Lessa Ter , 18/06/2019 às 18:50 | Atualizado em: 18/06/2019 às 19:20

Vigilância Sanitária de Mata de São João realiza fiscalização durante o São João



O setor de Vigilância Sanitária do município de Mata de São João  intensificará a fiscalização na Estação da Alegria – espaço do São João do município. Nesta sexta-feira (21), no sábado (22) e no domingo (23), todas as barracas e ambulantes serão visitados pelos agentes de fiscalização, que farão ações de inspeções e monitoramento das condições de higienização dos estabelecimentos e dos pontos de venda.

As ações desenvolvidas pela Vigilância serão de caráter educativo (preventivo), normativo (regulamentador), fiscalizador e, em última instância, punitivo. Os trabalhos da equipe, explica a coordenadora da Vigilância, Xênia Márcia, serão iniciados antes das atrações musicais subirem ao palco, com o propósito de orientar as pessoas que usam o espaço para comercializar bebidas e alimentos, no sentido de melhorar a manipulação e atentar para os prazos de validade.

A coordenadora explica que a intenção é garantir que a população usufrua de alimentos seguros e possa aproveitar o evento com tranquilidade. As ações também acontecem na área ao redor da Estação da Alegria, visando coibir produtos impróprios para o consumo e orientar os comerciantes sobre as regras sanitárias. Ela ressalta que os comerciantes e população devem se atentar para a importância de observar as condições de higiene e limpeza do local; o acondicionamento e a temperatura de armazenamento dos produtos (perecíveis e não perecíveis); a vestimenta dos vendedores e manipuladores de alimento (uso de touca e luva); e o prazo de validade dos produtos.

“O número de pessoas é bem grande, por isso estaremos atentos ao compromisso de cada um dos barraqueiros e ambulantes em garantir proteção aos produtos durante a produção, transporte, manipulação e armazenamento dos mesmos”, ressalta Xênia Márcia. Ainda de acordo com a coordenadora, o mesmo zelo quanto à higiene dos alimentos deve ser observado no caso de latas, garrafas plásticas, canudos, guardanapos, pratos, talheres e copos (descartáveis) utilizados na festa. “Todo cuidado é pouco com as comidas em eventos de massa, pois os ingredientes, em geral, são perecíveis”, pontua.