Metropolitana

Da Redação Qua , 19/06/2019 às 20:26 | Atualizado em: 19/06/2019 às 20:29

Fanfarras escolares participam das comemorações pela Independência da Bahia



Cinco fanfarras de colégios estaduais do Recôncavo da Bahia, envolvendo cerca de 400 estudantes, participarão do Desfile Cívico, nesta terça-feira (25), no município de Cachoeira. Neste dia, acontecem a transferência da sede do Governo do Estado da Bahia para a cidade histórica e uma programação especial, com atos culturais e religiosos. A data, que é representativa para a história da Bahia, dá início às comemorações do 2 de Julho, que visam reconhecer a importância do município nas batalhas travadas pela conquista da Independência do Brasil, iniciadas no dia 25 de junho de 1822.

O Colégio Estadual de Cachoeira será representado pela Banda Marcial do Colégio Estadual da Cachoeira (BAMCEC), que tem 81 anos de história e participa todos os anos do desfile. “Já estamos com tudo pronto para o desfile. Aumentamos os dias dos ensaios, reformamos alguns instrumentos e o nosso figurino está muito bonito. Renovamos também o repertório. Os estudantes estão muito empolgados para esta apresentação, que é muito importante para a nossa cidade. É a celebração de um momento histórico para a Bahia”, avalia o diretor da unidade escolar, Fábio Macedo.

A coordenadora dos Projetos Intersetoriais da Secretaria da Educação do Estado, Nide Nobre, ressalta a importância da participação dos estudantes nestes atos. “É um momento de tomada de posicionamento em relação a essas lutas históricas que foram tão importantes para a nossa independência. Os estudantes ficam ansiosos para as apresentações, ensaiam quase que diariamente, porque querem o melhor não só na musicalidade, com os instrumentos, mas, também, com as coreografias bem elaboradas e ensaiadas”, pontua.

Participam do Desfile Cívico pelas ruas de Cachoeira as fanfarras do Colégio Estadual Gehard Meyer Suerdick, de Maragogipe; do Colégio Estadual Rômulo Galvão, de São Félix; Colégio Estadual Castro, localizado na cidade de Santo Amaro; do Colégio Estadual Yeda Barradas Carneiro, de Conceição da Feira; e do Colégio Estadual de Cachoeira, da cidade anfitriã.