Metropolitana

Da Redação Ter , 13/08/2019 às 13:03 | Atualizado em: 13/08/2019 às 13:06

Estudantes de Cruz das Almas participam de oficinas de audiovisual



A história de cidade, envolvendo temáticas como identidade, protagonismo, autoestima e fortalecimento dos itinerários formativos, está sendo contada pelos estudantes do Centro Territorial de Educação Profissional do (CETEP) Recôncavo II Alberto Torres, em Cruz das Almas. Isto graças ao workshop “Produção audiovisual” e do “Hackathon – um desafio de produção de vídeo”, que estão sendo promovidos pela Secretaria da Educação do Estado, por meio do projeto Escolas Culturais, em vários municípios baianos.

A partir da abordagem de conteúdo das diversas áreas do conhecimento, como História, Geografia e Sociologia, o workshop envolve a prática de filmagens, para as quais são utilizados os equipamentos disponibilizados pelo projeto Escolas Culturais e os dispositivos móveis dos participantes. 

A estudante Melissa Rodrigues Mendes, 15 anos, 1º ano de Informática do CETEP Recôncavo II Alberto Torres, conta como está sendo a experiência com a oficina de audiovisual. “O curso é maravilhoso, sempre quis saber mais sobre audiovisual e irei aplicar tudo que estou aprendendo para ajudar uma amiga youtuber no canal dela, produzindo os vídeos dela”, revelou a aluna.

O processo de realização do workshop foi explicado pela coordenadora de Tecnologias e Audiovisual da SEC, Carla Almeida, que ministra a oficina, junto à professora de audiovisual da rede estadual, Fau Coelho. “Durante o workshop, explicamos todas as etapas da produção de vídeo. Ensinamos como manusear os aparelhos, além de auxiliarmos durante as filmagens, ajudando a sanar dúvidas na prática. Importante destacar que tudo isso tem como um dos objetivos trabalhar os novos itinerários formativos, conforme prevê a nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC)”.

As atividades em Cruz das Almas terminam nesta terça-feira (13) e prosseguem em Mucugê, (a 448 km de Salvador), dentro da Festa Literária de Mucugê (FLIGÊ), sendo que na quinta-feira (15) haverá a Oficina de Cinema - Projeto Escolas Culturais e na sexta (16), o workshop de audiovisual. A partir de segunda-feira (19) será a vez da cidade de Rui Barbosa (321 km de Salvador) receber o projeto, no Colégio Estadual Professor Magalhães Neto. Lançado em 2017, o Escolas Culturais é resultado de parceria entre as Secretarias da Educação (SEC), da Cultura (SECULT) e da Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), além da Casa Civil e já foi implantado em 85 unidades em toda Bahia, com o propósito de incrementar a arte e a cultura no currículo, aliando a oferta de cursos de qualificação e formação profissional nas respectivas áreas.