Claudia Lessa Qui , 11/01/2018 às 15:41 | Atualizado em: 11/01/2018 às 15:42

Nascentes dos rios Pojuca, Subaé e Paraguaçu serão recuperadas



As bacias hidrográficas dos rios Pojuca, Subaé e Paraguaçu irão receber investimentos de R$ 2,8 milhões para a recuperação florestal em Áreas de Preservação Permanente (APP). A ordem de serviço para início imediato dos trabalhos, no valor de R$ 500 mil, foi assinada na quarta-feira (10), no gabinete da Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS). As atividades serão realizadas mediante convênio estabelecido entre o Ministério do Meio Ambiente (MMA) e a SIHS, vencedora do edital para utilização dos recursos do Fundo Nacional do Meio Ambiente.

Para a implementação do projeto, que abrangerá uma área de 806 hectares, envolvendo um total de 252 nascentes, serão viabilizadas ações de plantio de mudas, semeadura e/ou cercamento de nascentes. As intervenções programadas se estenderão até janeiro de 2021 e contemplarão áreas localizadas nos municípios de Araçás, Catu, Feira de Santana, Santo Amaro, Morro do Chapéu, Lençóis e Palmeiras. “O ponto de partida estratégico inclui, ainda, a preservação da estabilidade geológica e da biodiversidade, bem como a geração de trabalho e a ampliação do bem-estar da população que vive no entorno das APP´s”, esclareceu o secretário Cássio Peixoto.

O gestor destacou, ainda, que todas as etapas virão associadas à realização de ações de educação ambiental; a elaboração de projetos definidores do escopo das intervenções; e estudos regionalizados que subsidiarão a elaboração do Plano Regional para Pagamento de Serviços Ambientais (PSA's).