Claudia Lessa Ter , 06/02/2018 às 09:46

Motoristas devem ter atenção redobrada nas estradas durante feriadão de Carnaval



Com o feriado prolongado de Carnaval, o movimento de foliões vindo do interior para curtir a folia em Salvador ou mesmo para outras localidades a fim de descansar aumenta, consideravelmente, o fluxo de veículos nas estradas. Nunca é demais o alerta sobre os cuidados redobrados que devem ser tomados pelos motoristas e passageiros nesta época do ano. Para reduzir o número de acidentes nas estradas nos períodos de comemorações de final de ano até o Carnaval, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) montou a Operação Integrada Rodovida, que prossegue até 18 de fevereiro.

A partir da fiscalização intensificada nas estradas, estão sendo coibidas ultrapassagens irregulares, excesso de velocidade, consumo de álcool, atropelamento de pedestres e trânsito irregular de motocicletas. Criada há sete anos, a Operação Integrada Rodovida é sempre desencadeada nos períodos de maior fluxo rodoviário. Conforme o Ministério da Justiça, responsável pela ação, este ano a operação está priorizando ações integradas e simultâneas, com a participação de diversas agências de fiscalização, atuando de forma coordenada e sistêmica. Durante a Rodovida, a PRF otimiza o patrulhamento com rondas e fiscalização por meio de radares e bafômetros nos trechos identificados como críticos, levando em conta os horários e dias de maior incidência de eventos.

Os dados sobre acidentes de trânsito da Organização Mundial de Saúde (OMS) são alarmantes. A entidade aponta as batidas de carro como a terceira causa mortes no planeta. O Brasil é o quinto país do mundo em mortes no trânsito. Segundo a PRF), entre as principais causas dos acidentes com mortes, ocorridos em 2016, estão falta de atenção; velocidade incompatível; ingestão de álcool; desobediência à sinalização; ultrapassagens indevidas e sono.

O sono, inclusive, é responsável por cerca de 20% dos acidentes de trânsito fatais, de acordo com levantamento feito pela Academia Brasileira de Neurologia (ABN), que, no ano passado, lançou, junto Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (ABRAMET), a campanha “Não dê carona ao sono!”. A ideia é que os motoristas se conscientizem da necessidade e importância do descanso em intervalos regulares, como forma de evitar acidentes nas vias.

Assim como o sono e a falta de atenção (distração com o celular, por exemplo), quem está conduzindo o carro pode sofrer com outros imprevistos, como falhas mecânicas do veículo, más condições na pista e, principalmente, se estiver chovendo, que pode ocasionar a aquaplanagem (deslizamento do veículo sobre a pista molhada) e perda do controle do utilitário. “O Carnaval é um período de muita festa e curtição e de aproveitar os bons momentos, por isso é tão importante a cautela e a prudência na hora de pegar a estrada”, reforça o presidente da Associação de Medicina do Tráfego na Bahia (ABRAMET), Antônio Meira.

O representante da ABRAMET chama a atenção que é imprescindível ter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no prazo de validade e observar se o veículo está em condições seguras e confortáveis para o motorista e o passageiro. “A decorrência mais comum de acidentes nas vias são colisões frontais causadas pelo condutor alcoolizado, ou seja, a maioria dos acidentes acontece por falhas humanas, como a falta de atenção e o desrespeito às leis de trânsito” informa.

Revisão do carro

Para ter mais probabilidades de que vai dar tudo certo, a primeira dica dos especialistas, antes de viajar, é fazer a revisão no carro. Isto inclui verificar o sistema de freios; a parte elétrica; os extintores, entre outros itens importantes de segurança. É prudente, também, observar as condições climáticas do lugar de destino; utilizar o cinto de segurança; não ingerir bebidas alcoólicas; redobrar a atenção, principalmente quando o movimento for maior, e para quem vai levar crianças pequenas, utilizar a cadeirinha que, nesse caso, é um item obrigatório.

Educação e segurança

O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (DETRAN-BA) promove até esta terça-feira (6) a capacitação de mais de dois mil profissionais que atuam no trânsito do Carnaval de Salvador, entre mototaxistas, taxistas, rodoviários e motoristas de trios elétricos. O objetivo, conforme o diretor de Educação e Segurança para o Trânsito do DETRAN, Carlos Moura, é garantir mais segurança aos condutores, passageiros e pedestres, durante os dias de folia.

“São iniciativas que ajudam a reduzir o número de acidentes e melhorar a qualidade dos serviços que esses profissionais oferecem durante o período da festa”, explica o gestor, destacando que temas como direção preventiva, gestão de risco, relacionamento interpessoal, revisão da legislação de trânsito e os cuidados que precisam ser tomados no transporte de pessoas são abordados.

Antes de pegar a estrada, não esquecer:

- Fazer a revisão no carro

- Verificar sistema de freios, iluminação, extintores e outros itens de segurança

- Deixar os documentos do veículo em dia e a carteira de habilitação

- Observar as condições climáticas do lugar de destino

- Utilizar o cinto de segurança

- Não ingerir bebidas alcoólicas

- Redobrar a atenção, principalmente quando o movimento for maior

- Utilizar a cadeirinha – item obrigatório para as crianças no veículo