Da Redação Seg , 12/02/2018 às 10:10 | Atualizado em: 12/02/2018 às 10:13

Fome de folia: cuidados com a alimentação no Carnaval



Chegou a hora de cair na diversão e com muita energia, porém alguns cuidados nutricionais devem ser levados em consideração. Afinal, um descuido, pode acabar com a festa e até mesmo gerar consequências devido à má alimentação.

Para não perder o ritmo e manter a saúde em dia, o folião precisa saber quais alimentos são indicados e quais deve deixar fora do circuito. Alguns merecem atenção especial nessa maratona de quatro dias intensos de festa.

“Para não prejudicar os dias de folia com uma intoxicação alimentar, é importante procurar comer, de preferência, em lugares que você já conheça a procedência e preferir alimentos que já sejam do consumo habitual”, recomenda a nutricionista Ana Paula Goulart, professora da Unijorge.

Confira outras dicas da nutricionista para curtir o Carnaval sem descuidar da alimentação saudável:

Evite períodos prolongados de jejum: é importante se alimentar com frequência de modo que não sinta muita fome e nem fique com o estômago muito cheio causando desconforto abdominal.

Diga não a alguns alimentos: que não estejam bem conservados e os mais perecíveis, como: alimentos crus, frutos do mar, maionese e molhos prontos. Também não é recomendado consumir alimentos preparados na ausência do consumidor. É importante que o preparo, montagem e cozimento sejam feitos na hora de consumi-lo.

Alimentos indicados para consumo: pelo desgaste físico ser grande nesse período, o ideal é fazer uma refeição completa com todos os nutrientes. Os alimentos mais indicados são os que dão energia como os ricos em carboidratos (raízes, grãos, arroz, frutas, massas e pães, de preferência integrais por proporcionarem maior saciedade) e acrescidos de alimentos ricos em proteínas (carne e peixes magros, frango, ovos, soja).

Preocupe-se com a hidratação: o Carnaval ocorre no verão, a temperatura corporal e a do ambiente são bastante elevadas e, assim, suamos muito. Nesse suor, além de perdermos muita água, perdemos minerais importantes para nosso metabolismo. É indicado ingerir de 2,5 a 3 litros de água/dia.

Consuma mais frutas e oleaginosas: como é comum as viroses após esse período, a dica é fortalecer o sistema imunológico consumindo frutas da estação, que são mais ricas em vitaminas e minerais. Oleaginosas, como castanhas, nozes, pistache, são ricas em zinco e selênio e também protegem nosso organismo

Gostou das dicas? Então saiba mais sobre a formação desse profissional

A faculdade de Nutrição é responsável por formar profissionais capazes de investigar e controlar o relacionamento entre o ser humano e a sua alimentação. O curso de nutrição tem, em média, duração de quatro anos em titulação de bacharelado.

Ficou interessado em cursar Nutrição?

Existem muitos profissionais que já estão formados pelo Educa Mais Brasil, que é um programa que oferece descontos nas mensalidades de até 70% de desconto, inclusive para o curso de Nutrição. Para ter acesso ao benefício clique aqui, escolha a cidade, o curso pretendido e faça a inscrição de forma gratuita.