Da Redação Sex , 09/03/2018 às 14:59 | Atualizado em: 09/03/2018 às 15:10

Engenharias: Qual a diferença entre elas?



No Brasil, existem 34 cursos de Engenharia e cada uma delas tem características e perfis próprios. Mas se você gosta da área de exatas e o cálculo e a ciência são suas paixões, esse curso pode se torna uma grande opção de carreira.

Em um cenário tão vasto de opções, não é de se espantar que mesmo com a certeza de se tornar engenheiro, muitos fiquem perdidos na hora de escolher qual Engenharia cursar. Se você já avaliou fatores como a versatilidade de atuação, o preparo para empreender e o reconhecimento social e financeiro e se identificou com tudo, você já deu um grande passo. 

As características fundamentais de um bom engenheiro partem do interesse e da capacidade de solucionar problemas, do apreço por descobrir como as coisas funcionam e da paixão por inventar. O ramo da Engenharia é sem dúvida, um curso onde prevalece a tecnologia, independentemente da área de atuação. Por esse movimento, é necessário que o engenheiro tenha conhecimento técnico e de raciocínio lógico. 

Se o seu desejo é empreender e desenvolver seus próprios projetos o curso também é indicado, já que o mesmo, apresenta assuntos das área de Administração e Economia com riqueza, oferecendo conhecimentos imprescindíveis ao profissional que pretender entrar no mercado com o seu negócio. 

É importante lembrar que há uma relação direta entre obter prazer e alcançar o sucesso na trajetória profissional. Os cursos de engenharia costumam ser mais difíceis e exigem muita dedicação. Por esse motivo, uma das melhores maneiras de descobrir se você realmente se identifica com a área, como são as possibilidades de trabalho e como está o mercado atual é conversando com alguém que entenda do assunto. 

Bolsas de Estudo para cursos de Engenharia 

O seu sonho sempre foi fazer a graduação de Engenharia mas isso não cabe no seu orçamento? Sabia que você pode contar com o apoio de um bolsa de estudo? O Educa Mais Brasil oferece bolsas de estudo de até 70% para o curso de Engenharia e outros cursos. Para mais informações, você pode clicar aqui e saber se as instituições de seu interesse estão entre as mais de 18 mil parceiras em todo o Brasil. 

História da Engenharia

O conceito da Engenharia existe desde a idade antiga, quando se obteve conhecimento sobre a construção das pirâmides do Egito. Na língua portuguesa, o termo Engenharia ganhou um significado no séc. XVI

A palavra é oriunda de engenheiro, que se refere a uma pessoa que constrói ou opera um engenho. 

Os ensinos dessa área no país foram iniciados em 1766, quando Dom Pedro II ordenou que se criasse aulas sobre a engenharia em diversas partes do Brasil, com o intuito de formar técnicos em engenharia militar para trabalhar em territórios marinhos. 

Saiba um pouco sobre as principais áreas da Engenharia:

1. Engenharia Química

Como Engenheiro Químico você trabalhará na produção de todos os tipos de produtos e no acompanhamento de inúmeros processos. Itens do cotidiano, como os materiais de construção usados no prédio, produtos especializados das indústrias farmacêutica e de cosméticos, processos da indústria petroquímica, estudos de tratamento de rejeitos: tudo isso tem grande atuação do Engenheiro Químico.

2. Engenharia Elétrica 

Começando pela geração de energia elétrica, passando pela transmissão e pela distribuição, o estudo da eletricidade em todos os níveis de aplicação é de responsabilidade do Engenheiro Eletricista. Ele pode trabalhar na construção e nos projetos e processos de funcionamento normal de usinas de geração — de hidrelétricas e termelétricas a eólicas ou nucleares —, subestações de concessionárias de energia, fábricas de componentes eletrônicos e empresas de tecnologia em geral.

3. Engenharia Mecânica 

O curso de Engenharia Mecânica dá uma base para que o profissional atue em todas as etapas de processo produtivo e em todos os tipos de indústria. A área de projetos também é um caminho bastante interessante caso você se identifique com as matérias de desenho técnico.

4. Engenharia de Produção 

O Engenheiro de Produção está presente desde a estaca zero no desenvolvimento de um produto, gerenciando e acompanhando todo o processo até que um projeto saia do papel e se torne realidade. As etapas de produção são otimizadas por ele e, assim, sempre são buscadas soluções inteligentes para o planejamento e a execução de rotinas de logística, de uso de materiais e tudo mais que envolve a manufatura, resultando em menores custos, maior qualidade e menor tempo gasto.

5. Engenharia Civil 

No curso de Engenharia Civil você verá como são projetados prédios, casas, estradas, pontes e grandes complexos industriais. Os cálculos do Engenheiro Civil são fundamentais para que as obras possam atingir seus objetivos de qualidade, robustez e segurança. É comum que o Engenheiro Civil lide bastante com questões gerenciais, área também coberta pelo curso. O conhecimento na área da administração é fundamental para que ele consiga desempenhar as funções de gestor de grandes obras.