Da Redação Seg , 19/08/2019 às 13:28 | Atualizado em: 19/08/2019 às 13:32

Concha Negra tem inscrições abertas até 29 de agosto



Artistas e bandas de todo o Estado que representam a cultura afro-baiana através da música têm até o dia 29 de agosto para se inscreverem no Concha Negra. Iniciativa do Governo do Estado com o objetivo de fomentar a diversidade cultural da Bahia e suas tradições e patrimônios, o projeto abre espaço na programação mensal da Concha Acústica do TCA, durante o próximo verão. O regulamento e formulário de inscrição estão disponíveis no site do TCA e a seleção já será divulgada no dia 10 de setembro.

“Esta é uma grande oportunidade de visibilizarmos a música baiana, fomentar encontros entre os artistas da nossa terra e de outros lugares, e de viabilizar que grupos realizem festivais, mostras, manifestações artístico culturais da negritude da Bahia, para além da música, trazendo a dança, o teatro, a moda, as artes visuais, literatura, o cinema, o circo para o palco da Concha”, ressalta a diretora geral da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), Renata Dias.

O TCA e a FUNCEB arcam com a estrutura base para a realização dos shows, reduzindo o custo dos artistas e bandas com a montagem do espetáculo. Os shows serão entre novembro de 2019 e fevereiro de 2020, com ingressos a R$40 (inteira) e R$20 (meia). A realização do Concha Negra, de acordo com a assessoria de Comunicação do Governo do Estado, parte de premissas das políticas reparatórias previstas na Constituição do Estado da Bahia e no Estatuto da Igualdade Racial. A primeira etapa do projeto foi realizada entre setembro de 2017 e fevereiro de 2018, com shows de Filhos de Gandhy, Muzenza, Ilê Aiyê, Cortejo Afro, Olodum e Malê Debalê.