Da Redação Ter , 18/02/2020 às 12:13 | Atualizado em: 18/02/2020 às 12:16

Não passou no vestibular? Veja dicas para não perder o foco e continuar estudando



Todo mundo que se prepara para vestibulares ou o ENEM almeja a sonhada vaga no Ensino Superior mas, infelizmente, às vezes esse processo tem que ser prolongado. Ser reprovado nesta etapa é uma situação que não é tão simples de lidar. Além da frustração, o desânimo em recomeçar os estudos e realizar mais uma tentativa pode levar muitos estudantes a desistirem no meio do caminho. 

No entanto, é importante encarar esses sentimentos e transformar em experiência para não perder a oportunidade de retomar a motivação para os estudos. Pensando nisso, separamos algumas dicas para quem não passou no vestibular. Lembre-se de que a aprovação depende de organização, foco, disciplina, controle emocional e muita determinação.

Encare os sentimentos: diferentes sentimentos passarão na mente do estudante que não conquistou a sua aprovação. Porém, o ideal é não consumir toda a sua energia com pensamentos negativos. O candidato também deve lembrar-se que o resultado do vestibular não o torna pior ou melhor do que ninguém. Não se deixe ser definido (a) pelas notas alcançadas nos exames. Caso sinta necessidade, o estudante pode procurar auxílio de psicólogo habilitado para conseguir encarar melhor a situação.

Reformule as estratégias: faça uma lista dos seus possíveis erros e acertos e o que pode ser modificado nesse recomeço. Para quem não possui muito tempo disponível para estudar, por exemplo, uma nova estratégia pode ser estudar on-line ou fazer um curso pré-ENEM.

Reflita se houve dedicação de verdade ou se ocorreram exageros, como abdicar completamente de qualquer momento de lazer. Se você teve uma rotina e, ainda assim, ela não deu certo, agora é o momento ideal de reformular, buscar auxílio de outros estudantes e ex-professores.

Use a vantagem ao seu favor: pense que você tem a vantagem de já ter feito a prova antes, possui a experiência e conhece os problemas que podem aparecer e o formato das questões. Seja em um cursinho on-line ou presencial, ou estudando sozinho, o aluno deve usar os conhecimentos adquiridos ao longo do ano anterior para reformular o seu plano de estudos e ter um cronograma que reforce os seus pontos fracos e amplie os pontos fortes. 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil