Vale do São Francisco

Da Redação Sex , 03/08/2018 às 16:54 | Atualizado em: 03/08/2018 às 17:00

Tinta ecológica é desenvolvida por estudantes da Casa Nova



Estudantes do Centro Educacional Antônio Honorato, no município de Casa Nova, desenvolveram uma tinta ecológica à base de barro colorido. Protagonizada pelos estudantes Danilo da Silva,18, 3º ano, e Anderson Ribeiro, 17, 2º ano, a experiência tem como objetivo trazer benefícios aos moradores das comunidades carentes da zona rural, que poderão ter suas residências pintadas a baixo custo, a partir de uma matéria-prima encontrada facilmente, até mesmo no quintal de casa.

A tinta ecológica – que é feita com água, cola e barro peneirado e encontrada nas cores branca, amarela, vermelha, marrom e preto – traz um princípio sustentável, como relata Anderson. “Com os estudos e experimentos, verificamos que as tintas à base de petróleo prejudicam a saúde e o meio ambiente. Por isso, pensamos em um novo método de dar cores aos ambientes sem o uso do produto químico, aproveitando nosso solo que tem essa riqueza de cores”, revela.

O colega Danilo destaca o alcance social do projeto. “Nosso projeto é importante, sobretudo, porque tem uma fácil produção. Com isso, ele ajuda as famílias de baixa renda a produzirem a tinta e a pintarem suas casas. Sem contar que o produto não vai agredir o meio ambiente e vai sair 80% mais barato que as tintas encontradas no mercado”.

A professora e orientadora Andréa Passos conta que a descoberta dos estudantes gerou curiosidade nos colegas. “O projeto deu tão certo que, após os testes das pinturas nas casas, realizamos oficinas na escola para ensinar outros alunos a produzir sua própria tinta. Durante as oficinas também são revelados locais onde encontrar o barro certo, como obter a cor desejada e como aplicar na parede. Foi um sucesso”, comemora.