Vale do São Francisco

Da Redação Qua , 15/05/2019 às 11:25 | Atualizado em: 15/05/2019 às 11:31

Saúde sem Fronteiras atende em mais cinco municípios da Região de Paulo Afonso



O Programa Saúde Sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de mama atenderá em mais cinco municípios na região de Paulo Afonso. Mulheres na faixa etária de 50 a 69 anos, de Abaré, Santa Brígida, Chorrochó, Pedro Alexandre e Macururé, poderão realizar gratuitamente a mamografia, exame que detecta precocemente casos de câncer de mama.

Em Abaré, a unidade móvel estará estacionada na Avenida Edésio Tolentino, em frente ao Josinão, entre os dias 16 e 23 de maio. Lá, 994 mulheres na faixa etária preconizada pelo Ministério da Saúde, poderão realizar seus exames. Já em Santa Brígida, as equipes ficarão de 20 a 25 de maio, e atenderão a 774 mulheres. Neste município, a unidade móvel estará estacionada na Praça Jacobimarte, nas proximidades da Igreja de Santa Brígida.

No município de Chorrochó, o ponto de atendimento será na Praça da Matriz, em frente a Igreja Matriz. A unidade ficará na cidade de 25 a 29 de maio e a nmeta é atender 627 mulheres. Em Pedro Alexandre, o público-alvo é de 810 mulheres na faixa etária preconizada. Nesse município, a unidade móvel ficará estacionada na Praça Coronel João Maria de Carvalho, ao lado da agência do Bradesco, de 27 de maio a 01 de junho.

No município de Macururé, o atendimento para 490 mulheres, será realizado entre os dias 31 de maio e 4 de junho. A unidade móvel ficará estacionada na Unidade Mista de Saúde, em frente a Farmácia Básica.

Para ser atendida, a paciente deve levar um documento de identidade, o Cartão do SUS e um comprovante de endereço. Os exames são realizados em unidades móveis, equipadas com mamógrafos de última geração. As equipes começam a atender às 7h e prosseguem até 18h.

Além da realização das mamografias, o Saúde sem Fronteiras, faz o acompanhamento das mulheres com mamografias inconclusivas, oferecendo exames complementares para o diagnóstico e o encaminhamento ao tratamento, visando a integralidade do atendimento. Para as mulheres com diagnóstico positivo, o tratamento cirúrgico, quimioterápico ou radioterápico será realizado em unidades de alta complexidade em Oncologia.