Centro Sul Baiano

Da Redação Seg , 08/07/2019 às 19:20 | Atualizado em: 08/07/2019 às 19:55

Anísio Teixeira será homenageado na data de seu nascimento



Representantes da Casa Anísio Teixeira, localizada no município de Caetité, cidade onde nasceu o educador Anísio Teixeira, foram recebidos pelo secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, nesta segunda-feira (8). O encontro teve como objetivo discutir parcerias para a melhoria da instituição e contribuições para o projeto que será desenvolvido pela Secretaria da Educação do Estado (SEC), em comemoração aos 120 anos de educador, em 2020.

A Casa Anísio Teixeira, que é mantida como centro de memória, espaço cultural e museu pela Fundação Anísio Teixeira (FAT), preserva a memória do educador baiano, com um rico acervo sobre a sua trajetória de vida dedicada à Educação. Inaugurada em 1998, após restauração feita pelo Governo da Bahia, por meio do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC), a instituição tem como objetivo preservar e divulgar o pensamento e a obra de Anísio, bem como promover o desenvolvimento regional por meio da Educação e da Cultura. Voltada para a expansão das oportunidades de educação pública gratuita e de qualidade, a casa reúne Centro de Memória, Biblioteca Pública, Cine-Teatro, Oficina de Arte-Educação, Núcleo de Contação de Histórias e Sala de Cultura Digital.

O secretário Jerônimo Rodrigues falou sobre a importância de dialogar com a instituição, no sentido de reconhecer e fortalecer a memória de Anísio Teixeira. “Com a comissão que criamos para desenvolver o projeto ‘2020: Ano Anísio Teixeira’, que comemora os 120 anos do educador, queremos estar em diálogo com órgãos, pesquisadores e estudiosos da vida deste importante baiano para que possamos fortalecer a presença do seu reconhecido trabalho nas escolas e atividades culturais. A ideia é estabelecer uma agenda constante que permeie o seu conhecimento nos currículos escolares, em eventos culturais de literatura, ajudando o fortalecimento do ensino e da aprendizagem em toda a Bahia”.

A diretora da Casa Anísio Teixeira, Maria Auxiliadora Ledo, também comentou sobre a parceria que, para ela, pode ser uma grande contribuição para ampliar o reconhecimento ao educador. “Já temos o apoio do Governo do Estado e da prefeitura, mas precisamos desenvolver projetos para atrair ainda mais visitantes. Somos, talvez, a única instituição que possui todos os móveis e equipamentos cedidos pela família. Então, a nossa proposta está ligada à uma exposição mais moderna, à melhoria do nosso conservatório de música e à criação da Feira Literária de Caetité voltada a homenagear Anísio Teixeira”.