Extremo Oeste Baiano

Da Redação Sex , 24/09/2021 às 12:10 | Atualizado em: 24/09/2021 às 12:14

Homem recebe condenação de mais de 32 anos por estupro e homicídio



A Justiça condenou Damião Monteiro da Cruz pelos crimes de estupro e homicídio cometidos contra Camila Barbosa Cardoso, em Barreiras, região oeste da Bahia. A pena foi instituída para 32 anos e seis meses de reclusão pelo crime, cometido no dia 10 de março de 2011. Na última segunda-feira, 20, o Tribunal do Júri acatou a denúncia do promotor de Justiça Sinval Castro Vilas Bôas, sustentada em plenário pelo promotor de Justiça Luiz Eduardo Souza e Silva.

A sentença, que deverá ser cumprida em regime fechado, equivale à condenação de 20 anos pelo homicídio, qualificado por motivo torpe, uso de tortura e sem possibilidade de defesa da vítima. Os outros 12 anos e seis meses equivalem à pena pelo estupro cometido.

O crime ocorreu no interior de uma casa em construção, no bairro Santo Antônio. Na ocasião, com ajuda de uma terceira pessoa, o criminoso levou Camila para a casa em construção, onde praticou os crimes de tortura e estupro contra ela. A vítima chegou a ser resgatada e levada para um hospital, mas não resistiu e morreu de traumatismo craniano três dias depois em decorrência das agressões.