Nordeste Baiano

Claudia Lessa Ter , 19/03/2019 às 14:51 | Atualizado em: 19/03/2019 às 14:55

Mais 150 cisternas e 89 barreiros serão construídos em Canudos



O Projeto Cisternas vai entregar mais 239 tecnologias sociais de combate à extrema pobreza e de inclusão social e produtiva rural Canudos. Desenvolvido pelo Consórcio Sustentável do Território do São Francisco (CONSTESF), através de convênio com o Ministério do Desenvolvimento Social e em parceria com o Instituto Nordeste Digital, o projeto irá trazer ao município mais 150 cisternas de consumo humano, com capacidade para captar e armazenar até 16 mil litros de água de chuva, garantindo mais saúde às famílias, conforme o presidente do CONSTESF, Genário Rabello.

Ainda segundo Genário, serão entregues mais 89 barreiros-trincheira, tecnologia capaz de captar e armazenar 500 mil litros de água, usada para criação de animais e produção de alimentos, visando geração de renda, bem como segurança alimentar e nutricional. "Estamos democratizando o acesso à água não só em Canudos, mais em todo o Território do Sertão do São Francisco, pois já são mais de três mil tecnologias entregues em dez municípios. Canudos já conta com 327 tecnologias entregues e agora mais 239 serão construídas. Um avanço importante, pois o que antes era restrito a quem tinha dinheiro, agora passou a ser um direito de todos", afirmou o dirigente do consórcio, que também é prefeito de Canudos.