Sul Baiano

Da Redação Seg , 28/12/2020 às 19:11 | Atualizado em: 28/12/2020 às 19:55

Juiz derruba liminar que proibia realização de eventos com 200 pessoas em Porto Seguro



O juiz Rogério Barbosa derrubou nesta segunda-feira, 28, a liminar que proibia a realização de shows e festas de Réveillon com até 200 pessoas na cidade de Porto Seguro (distante a 707 km de Salvador), no sul da Bahia.

Com a recente decisão, os eventos no município poderão ocorrer, desde que seja respeitado as orientações previstas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) relativas à prevenção do novo coronavírus, como o uso obrigatório de máscaras e o distanciamento social entre as pessoas presentes.

De acordo com o juiz, a medida leva em consideração o período de verão e de alta temporada em Porto Seguro. Segundo Rogério Barbosa, a realização dos eventos em ambientes controlados pode evitar aglomerações maiores em espaços públicos.

No início do mês de dezembro, o Governo do Estado havia emitido um decreto que proibia a realização de festas em toda a Bahia, independentemente do número de participantes previstos para os eventos.

Na semana passada, a gestão estadual pediu tutela antecipada de urgência para proibir quatro festas particulares que serão realizadas no fim de ano da cidade. No entanto, o pedido doi negado pelo juiz, que permitiu os eventos.

O próprio prefeito eleito de Porto Seguro, Jânio Natal (PL), declarou abertamente desde a sua campanha que, assim que tomar posse, pretende liberar o funcionamento das casas de evento na região, mesmo com o número crescente de casos confirmados de Covid-19.